BP é o primeiro hospital de São Paulo a ser reconhecido pela excelência do protocolo gerenciado de sepse

187

Após uma avaliação criteriosa do Instituto Qualisa de Gestão (IQG), o Hospital BP, o principal hospital da BP – A Beneficência de São Paulo, recebeu, de forma inédita no estado de São Paulo, a Certificação por Distinção na Identificação e Tratamento da Sepse. O reconhecimento foi concedido pelo Instituto Latino Americano de Sepse (Ilas) e posiciona o Hospital BP na vanguarda das melhores práticas assistenciais.

“Essa certificação é o resultado de nosso compromisso com a segurança de nossos clientes e a comprovação da eficácia dos protocolos implementados no Hospital BP para oferecer a melhor assistência durante a identificação e o tratamento da sepse”, ressalta Luiz Eduardo Loureiro Bettarello, superintendente-executivo Médico e de Desenvolvimento Técnico da BP. “O uso do prontuário eletrônico do paciente (PEP) é uma ferramenta fundamental para otimizar a tomada de decisão, com assertividade, para solicitar exames e administrar a quantidade exata de antibióticos, já que o uso incorreto ou exagerado desse tipo de medicação pode resultar na resistência de superbactérias que levam a infecções como a sepse”, complementa o executivo.

Entendendo a doença

A sepse, também conhecida como infecção generalizada, é um conjunto de manifestações graves que ocorrem no organismo após uma infeção, causando várias alterações que danificam os órgãos.

De acordo com o Ilas, a sepse é responsável por 25% das internações em unidades de terapia intensiva (UTI) e a principal causa de morte nesses leitos e uma das maiores responsáveis pela mortalidade hospitalar tardia.

No Hospital BP, o protocolo gerenciado de sepse proporciona um modelo assistencial bastante eficiente, com a atuação de equipe multiprofissional e procedimentos para garantir a segurança dos pacientes. Entre as ações, destacam-se a realização de exames de acordo com as diretrizes internacionais, rápida coleta de dados clínicos e laboratoriais, uso de antibióticos em quantidade recomendada para cada caso específico, implantação de ferramenta que emite alertas à equipe assistencial sobre alteração dos sinais vitais ou de exames e relatórios sobre os casos. O Hospital BP promove também auditorias educativas e organiza anualmente a Campanha de Sepse, que tem por objetivo conscientizar todos os colaboradores, especialmente os ligados diretamente à assistência, sobre as diversas iniciativas de combate à sepse levadas a cabo pela instituição.

Deixe seu comentário