Excessos na alimentação podem alterar a pressão arterial

0
170

 

O churrasco, camarão, peixe-frito, a feijoada e as bebidas alcoólicas – de preferência bem geladas, são alimentos que não podem faltar no cardápio de quem está curtindo o verão. Porém, especialistas alertam que a combinação de gorduras, sal, álcool e o calor podem prejudicar a saúde e elevar a pressão arterial que, além do desconforto, causa problemas maiores.

A hipertensão pode ser causada pelo colesterol alto, diabetes, histórico da doença na família, sedentarismo, sobrepeso, tabagismo, estresse entre outros fatores. Uma atitude simples e que pode evitar a hipertensão e outras doenças relacionadas é evitar ingerir álcool com frequência, não consumir alimentos riscos em sódio (sal), ter bons hábitos alimentares. “Deve-se optar por frutas e ingerir bastante líquido, entre eles, sucos, água, chá e água de coco”, recomenda o cardiologista e coordenador do Serviço de Cardiologia do Hospital Nossa Senhora das Graças, de Curitiba (PR), Alexandre Alessi.

Sintomas e prevenção

Os principais sintomas da pressão alta são vários e muito subjetivos, e há pessoas que são assintomáticas. Os sintomas mais comuns são: dores de cabeça, náuseas, irritabilidade, distúrbios do sono, vertigens e zumbido no ouvido. Ao perceber algum desses sinais, o médico deve ser procurado.

A hipertensão, segundo Dr. Alessi, é o principal fator de risco para problemas cardiovasculares, como o infarto do miocárdio e o acidente vascular cerebral. Para ficar longe das doenças é necessário adotar hábitos saudáveis, que ajudam a cuidar da saúde do coração. “Temos que combater os fatores de risco, evitar os excessos e ter uma alimentação balanceada. Deve-se evitar o estresse e fazer atividades que tragam relaxamento, praticar exercícios físicos regularmente, divertir-se, dormir bem e não esquecer das avaliações médicas”, finaliza.

Deixe seu comentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here