Faculdade de Medicina da PUC-Campinas recebe nota 4 da Comissão Avaliadora do MEC em 2018

2073

O Curso de Medicina da PUC-Campinas recebeu nota 4, em uma escala que vai de 1 a 5, durante a última visita da Comissão de Avaliação do Ministério da Educação (MEC), realizada de 12 a 15 de dezembro, nas instalações da Faculdade no Campus II da Universidade, para a Renovação do Reconhecimento do Curso de Bacharelado. O primeiro reconhecimento do Curso pelo MEC aconteceu em 1982.

De acordo com o Diretor da Faculdade de Medicina, Prof. Dr. Joaquim Simões Neto, o conceito 4 na avaliação do MEC reflete o trabalho para se oferecer um Curso de alta qualidade. “Temos um corpo docente altamente qualificado e motivado para propor práticas pedagógicas inovadoras e atualizadas em sala de aula. Incentivamos a pesquisa por meio da Iniciação Científica, a atuação junto à comunidade externa possibilitada pela extensão universitária, a participação em congressos nacionais e internacionais, e também o intercâmbio de nossos alunos e, além disso, contamos com uma infraestrutura privilegiada com Hospital-Escola, o que proporciona a realização de um trabalho de qualidade no Ensino Superior”, explica.

A avaliação de curso do MEC contempla três dimensões. A primeira é a Organização Didático-Pedagógica que leva em conta aspectos relacionados ao Projeto Pedagógico do Curso de Medicina, como a utilização de práticas inovadoras, o envolvimento de alunos e professores em projetos de pesquisa e extensão universitária, a organização dos estágios, o apoio aos alunos, entre outros.

A segunda dimensão relaciona-se ao Corpo Docente, destacando fatores ligados à titulação, à experiência profissional, tanto no Ensino Superior como no mercado de trabalho, e à produção intelectual dos professores.

Finalmente, a terceira dimensão que compõe a avaliação analisa a Infraestrutura da Instituição. Nesta dimensão, são considerados, entre outros, os espaços destinados ao trabalho dos professores e dos gestores, as salas de aula, os laboratórios de informática, os laboratórios específicos de cada curso, as bibliotecas, os acervos impressos e virtuais, além dos espaços destinados ao lazer e à integração entre a comunidade acadêmica.

O resultado obtido em 2018 pela Faculdade de Medicina da PUC-Campinas reflete seu compromisso, cada vez maior, em ofertar um ensino de qualidade sempre inspirado em sua missão de produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento, visando à capacitação profissional de excelência e à formação integral da pessoa.

Deixe seu comentário