Faculdade IBCMED amplia serviços exclusivos à área médica

354

O ano de 2019 vai entrar para a história do IBCMED – Instituto Brasileiro de Ciências Médicas. Além de lançar sua nova marca e slogan, expandirá a sua atuação como Faculdade IBCMED, com cursos de Graduação, Pós-Graduação e Extensão, com foco na área médica. O Diretor Geral e cofundador da Faculdade IBCMED, Fabiano Rodrigues Karolyi, adianta que, recentemente, foi inaugurada a unidade própria da instituição na Vila Olímpia, Zona Sul de São Paulo. O local, com 800 m², dispõe de sete salas para cursos e laboratório para as aulas práticas dos alunos.

O IBCMED foi criado em outubro de 2015 e passou a manter a Faculdade em dezembro de 2016. A Unidade Educacional está localizada no município de Sete Lagoas (MG) e a Unidade Administrativa fica em Porto Alegre (RS). Vale ressaltar que a instituição já nasce com abrangência nacional, tendo atuação em nove estados brasileiros. “Temos em nosso DNA o ensino”, garantiu o Diretor, observando que outro grande diferencial da Faculdade IBCMED é o perfil agregador e amistoso da Entidade. “Somos como uma família. Procuramos estar à disposição dos alunos além dos horários das aulas”, comentou.

Em breve, uma série de novos serviços serão oferecidos aos alunos, como programas preparatórios para Residência Médica, preparatórios para Prova de Título e novas atualizações voltadas à prática médica. “Além disso, contamos com um corpo docente extremamente qualificado e de renome nacional”, destaca, por sua vez, o Diretor de Marketing e também cofundador da Faculdade IBCMED, Israel Dutra Campos.

Hoje, a Faculdade conta com 115 professores, expoentes no Brasil e no exterior, que atuam como coordenadores, titulares e convidados, sendo composta por mais de 80% de mestres ou doutores, e com 19 programas de pós-graduação latu senso na área da Saúde. Apesar do breve currículo, a Faculdade IBCMED já soma 30 turmas concluídas e 907 alunos formados. Também recebeu a nota 4 (em uma escala que vai até 5) no conceito de avaliação de curso do Ministério da Educação (MEC).

Deixe seu comentário