Goiás entrega benefícios na Saúde à Trindade e região

425
Foto: Sabba Nogueira

“O poder deve ser usado para promover o bem da população, em especial daqueles que mais necessitam”. Com essas palavras, o governador Marconi Perillo emocionou centenas de pacientes da Vila São José Bento Cottolengo, em Trindade (GO), que nessa sexta-feira (2), participaram da solenidade na qual foram anunciados os benefícios para a unidade filantrópica especializada em reabilitação física e auditiva. Na oportunidade, o governador anunciou o acréscimo do aporte mensal de R$ 250 mil para R$ 1 milhão e entregou quatro vans para o transporte dos pacientes. Além disso, assinou ordem de serviço que autoriza a estruturação de uma maternidade no Hospital de Urgências de Trindade Walda Ferreira dos Santos (Hutrin).

A cerimônia reuniu várias personalidades do Estado e da Vila São José Bento Cottolengo. Além do secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela, estiveram na solenidade a primeira–dama Valéria Perillo, o superintendente-executivo da SES-GO, Deusdedith Vaz, o ex-secretário de Governo, Tayrone Di Martini, a secretária municipal de Saúde de Trindade e presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde,  Gercilene Ferreira dos Santos, o prefeito de Trindade, Jânio Darrot, e o diretor administrativo da Vila São José Bento Cottolengo, padre Everson de Faria Melo.

Marconi Perillo ressaltou que há 20 anos ele e a primeira-dama Valéria Perillo se juntaram à causa das pessoas assistidas pela Vila São José Bento Cottolengo com o firme propósito de fazer o bem. Ele destacou que os servidores da unidade “prestam um serviço que não tem preço”. O aporte de R$ 1 milhão permitirá a ampliação do número de cirurgias de catarata que passará de 120 para 300 mensais; a ampliação de 300 atendimentos por mês na área de reabilitação física e auditiva, que passa a ser de 1.200 mensais, além do aumento do poder de compra de medicamentos, alimentação e material para proteção e cuidado com os pacientes.

As quatro vans, essenciais para o transporte dos pacientes, foram locadas com investimento do governo estadual de R$ 354 mil por um contrato de 12 meses, podendo ser prorrogado por mais 48 meses. “O nosso governo do Estado sempre acreditou em parcerias com instituições filantrópicas para fomentar os serviços de Saúde de qualidade. A Vila São Cotollengo é uma das unidades que priorizamos por ser referência em reabilitação e por ter compromisso e responsabilidade cidadã”, diz o governador.

Hutrin

A ordem de serviço assinada pelo governador autoriza a ampliação dos serviços do Hutrin, que passará a contar com uma maternidade para atendimento de pacientes de médio e alto risco. O secretário Leonardo Vilela acentuou que com este incremento a unidade passará a ter 60 novos leitos, com implantação de linha de cuidado materno-infantil preconizado pela Rede Cegonha – leitos de gestação de alto risco, banco de leite, ampliações de diagnóstico de imagem (inclusive tomógrafo) e do apoio à estrutura de assistência. O projeto está em fase de orçamento.

Leonardo Vilela disse que o Hutrin recebeu avaliadores do Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES), que atestaram os padrões de qualidade do Hospital e recomendaram à Organização Nacional de Acreditação (ONA) a certificado Nível 1 para a unidade. O título é concedido às instituições de saúde que cumprem rigorosos protocolos para a segurança do paciente.

“A certificação dos hospitais da rede pública de Goiás demonstra o compromisso do Governo em oferecer um serviço SUS de qualidade para a população. O resultado desse esforço é que hoje nossos hospitais são referência no país, recebendo visitas de vários estados para conhecer a forma como trabalhamos”, avalia o secretário Leonardo Vilela

Atualmente, quatro hospitais do Estado possuem a acreditação – Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo – Crer (ONA 3), Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi – HGG (ONA 2), Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad – HDT (ONA 1) e Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz – Hugo (ONA1).

Deixe seu comentário