Hospital de Cubatão comemora 1 ano de reabertura

294

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX) celebra os resultados conquistados desde que assumiu a gestão do Hospital de Cubatão, que completa 1 ano neste mês de dezembro.

Para a reabertura da unidade hospitalar, a FSFX promoveu melhorias estruturais, fez investimento em equipamentos e infraestrutura, e, desde então tem trabalhado para garantir padrões de segurança e de qualidade, com precisão, aporte tecnológico e humanização no cuidado para toda a Baixada Santista.

E depois de um ano, comemora os avanços alcançados, dos quais destacam os números de atendimentos prestados à população: foram mais de 394 mil exames de apoio ao Diagnóstico, contemplando exames de imagem e laboratoriais; mais de 1.100 procedimentos cirúrgicos e cerca de 3.400 internações. A reabertura do HC tornou possível que mais de 1.000 bebês nascessem em Cubatão.

“O hospital tem registrado indicadores muito positivos que demonstram a nossa contribuição com uma assistência cada vez mais efetiva e segura. Os resultados refletem o empenho dos bons profissionais que compõem nosso corpo clínico, assistencial e administrativo, a preocupação constante com a capacitação dessas equipes e a incorporação de novas tecnologias de forma a oferecer excelência em saúde”, destaca o superintendente do Hospital de Cubatão, Abner Moreira de Araújo Júnior.

Outro fator importante para a região com a reabertura do HC foi o modelo de contrato firmado pela FSFX que visa à sustentabilidade do serviço prestado ao município e possibilitou o atendimento de pacientes de convênio, beneficiando também esse público. Beneficiários da Usisaúde, CB Saúde, Intermédica e outros convênios passaram a contar com a unidade hospitalar para atendimento de saúde. Facilitou por exemplo, para os beneficiários da Caixa da Previdência de Cubatão que, antes tinha que se deslocar para as demais cidades da Baixada Santista.

Hospital de Cubatão

Com 125 leitos sendo 75 para atendimento ao SUS e 50 leitos para convênios, o HC conta com 27 especialidades médicas. O hospital atua nas áreas de Internação materno-infantil e adulto; Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, pediátrica e adulto; cirurgia geral e ortopédica, procedimentos de média complexidade, urgência e emergência em obstetrícia, maternidade e apoio ao diagnóstico. Além de uma série de outros atendimentos ambulatoriais e cirúrgicos. Para isso, a unidade conta com mais de 500 colaboradores, 130 médicos sendo as equipes médicas, multidisciplinares e administrativas capacitadas e prontas para atender aos clientes.

O Hospital de Cubatão manteve o Certificado “Hospital Amigo da Criança”, um selo de qualidade conferido pelo Ministério da Saúde aos hospitais que cumprem os 10 passos para o sucesso do aleitamento materno e respeita critérios, como o cuidado respeitoso e humanizado à mulher durante o pré-parto, parto e o pós-parto, também tem sido destaque desde a reabertura do hospital. 

Novos projetos

Este ano, a FSFX iniciou os procedimentos para conquistar a certificação ONA nível 1 – que avalia a segurança e estrutura. Para isso, implantou o Sistema de Gestão da Qualidade que permite o controle e padronização dos processos e medição da eficácia das ações tomadas, com foco na satisfação do cliente e na busca da melhoria contínua dos processos.

O objetivo é certificar a qualidade da instituição quanto ao atendimento dos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais, assistenciais e de gestão. A certificação da ONA não é só um papel que dá visibilidade ao Hospital, ressalta a gerente de assistência do HC. “O certificado é feito com base nas dimensões da qualidade: estrutura, processo e resultado. Na prática significa que o paciente que aqui vier terá a certeza de que não correrá risco desnecessário em nenhuma das etapas de seu tratamento e recuperação”, afirma a gerente, Ana Tucunduva.

Outro projeto de destaque é o Programa de Residência Médica do Hospital de Cubatão, aprovada pelo MEC – Ministério da Educação e Cultura para as especialidades: Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Ortopedia e Traumatologia, Clínica Médica e Cirurgia Geral. Será destinado aos profissionais com graduação em Medicina e dessa forma, os cursos de Residência ofertados contribuirão para o processo de expansão contínua do hospital e para auxiliar na fixação de novos profissionais na Baixada Santista.

Outro grande projeto da FSFX é a implantação do Centro de Alta Complexidade no anexo hospitalar. Cerca de 1.525 m² passam por reforma e o anexo hospitalar ofertará os serviços de oncologia, hemodiálise e oxigenoterapia.

Deixe seu comentário