Hospital Estadual de Urgências de Aparecida de Goiânia inicia Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho 2018

44
Fabiane Morelli (E) explica como deve ser feita a utilização correta de equipamentos de proteção indivídual (EPI)

Teve início na segunda-feira (3), no auditório do Hospital Estadual de Urgências de Aparecida de Goiânia Cairo Louzada (Huapa), da SES – Governo de Goiás, a VI Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat) 2018. O evento, que é promovido pela  Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) da unidade e pela Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico de Imagem (Fidi), tem com objetivo alertar colaboradores sobre a prevenção de acidentes, saúde e a segurança no local de trabalho.

Na abertura do evento, o presidente da Cipa, o coordenador de Almoxarifado do Huapa, Henrique da Silva, falou sobre a criação da Sipat. “A Semana Interna de Prevenção de Acidentes é regulamentada na legislação trabalhista, conforme Portaria N° 3.214, NR 5 do Ministério do Trabalho. Durante a Sipat, diversas atividades informativas serão realizadas, como gincanas, palestras e sorteios, com o objetivo de discutir com os colaboradores do hospital, as normas práticas e ações necessárias para o resultado do cumprimentos dos protocolos que tornam o ambiente de trabalho mais seguro”, afirmou. Já o vice-presidente da Cipa e coordenador do Centro Cirúrgico, Uriel Resplandes, ressaltou que “no ambiente hospitalar, é necessário mais atenção à saúde e segurança, pois é um local com riscos biológicos e químicos aos quais os colaboradores estão diariamente expostos”.

A primeira palestra da tarde “Acidentes de Trabalho”, foi ministrada pelo médico do trabalho do hospital, Alibert de Freitas Chaves, que também expôs dados sobre acidentes envolvendo colaboradores no hospital, já que ao decorrer de 2017, 54 acidentes de trabalho entre biológicos, típicos e de trajetos foram registrados no hospital e até outubro deste ano, 37 acidentes ocorreram na unidade. Encerrando o primeiro dia da Sipat, a especialista em Gestão em Saúde e Controle de Infecção, Fabiane Morelli, apresentou palestra sobre “Biossegurança”. Fabiane também falou sobre a importância em discutir a segurança do trabalhador em hospitais de urgências. “Em um ambiente de urgências, um público diverso é atendido. Quando um paciente adentra um hospital de emergências, não sabemos se está com alguma doença de base, porque normalmente, o próprio paciente desconhece. Por isso é importante manter toda a conduta em biossegurança, isolamento e precauções necessárias para evitar a exposição do profissional da saúde e atender bem o usuário”, explicou.

A VI Sipat segue até sexta-feira (7), com diversas atividades e palestras para os colaboradores do Huapa.

Deixe seu comentário