Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes recebe palestra sobre medidas disciplinares

36
Gestores e Líderes se reuniram para registro após a palestra

O Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (HEMNSL), da SES – Governo de Goiás, promoveu na segunda-feira (3), encontro com o tema “Infrações Disciplinares e Medidas Cabíveis: quando e como se aplicam”, ministrado pelo advogado Rafael Arêas, especialista em direito trabalhista. Voltada para todos os líderes e coordenadores da unidade, a palestra foi promovida pela área de Recursos Humanos (RH) do Instituto de Gestão e Humanização (IGH), organização social gestora do HEMNSL, do Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI); e do Hospital Estadual de Urgências de Aparecida de Goiânia Caio Louzada (Huapa), em Goiás.

Rafael exemplificou, em detalhes, as infrações mais comuns cometidas no ambiente de trabalho; as medidas disciplinares para cada caso; como e quando utilizá-las; a diferença entre advertência e suspensão; além de frisar os motivos que podem levar uma empresa a demitir um funcionário por justa causa. “É claro que, para chegar neste último tópico, o colaborador já passou por todas as sanções possíveis dentro do local de trabalho. Manter a boa fé e o profissionalismo nas relações no ambiente corporativo, sem dúvida, é o melhor caminho”, aconselhou o advogado.

A capacitação faz parte do Programa de Desenvolvimento de Gestão (PDG) do IGH, que contempla assuntos atuais e que impactam diretamente a gestão na área da saúde e tem como objetivo trabalhar o desenvolvimento comportamental e técnico dos coordenadores e líderes das unidades de saúde geridas pelo Instituto. Para a coordenadora de RH, Lorrane Nunes, “esta é mais uma forma do setor se aproximar dos trabalhadores, tendo-os como aliados. E, são a partir de encontros assim, que os colaboradores são orientados e todas as dúvidas existentes no âmbito de gestão de pessoas podem ser solucionadas com clareza”.

Deixe seu comentário