Hospital Estadual Materno-Infantil promove programação especial para discutir prematuridade

370
No HMI, os cuidados intensivos com o prematuro são constantes. Foto: Silvio Simões

Real ou fictício, super-herói é aquele que gera admiração por conta de seu comportamento, coragem ou até mesmo o combate do mal em favor do bem. Movido pelo sentimento de salvação, o super-herói pode mudar a história de uma vida. No Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), em Goiânia (GO), médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos e nutricionistas formam uma super-equipe de heróis que luta diariamente para a salvar a vida de prematuros e proporcionar um desenvolvimento normal aos bebês que nascem com menos de 37 semanas de gestação. Para destacar a importância do trabalho desses profissionais que mereciam fazer parte de histórias de quadrinhos, o HMI promove mais uma edição da Semana da Prematuridade de 12 a 17 de novembro (segunda-feira a sábado).

A data escolhida para o evento se deve ao Dia Mundial da Prematuridade, também conhecido como Dia Mundial da Sensibilização para a Prematuridade, comemorado em 17 de novembro. O objetivo da marcação no calendário da saúde é chamar a atenção de um problema que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), atinge em média 15 milhões de crianças todos os anos ao redor do mundo. Desses, 340 mil apenas no Brasil, fazendo com o que o país ocupe a 10ª posição na categoria de nascimentos prematuros, duas vezes maior que a média nos países europeus. Com a temática “Somos Super Amigos: Equipe + Bebê Prematuro + Família”, o hospital, que é especializado no atendimento a casos de média e alta complexidade para o bebê, vai expor a realidade da prematuridade, com depoimentos de profissionais que vivenciam diretamente a atenção e o cuidado intensivo ao recém-nascido prematuro. Somente no primeiro semestre de 2018, o HMI atendeu a 858 bebês prematuros, sendo que 65 recém-nascidos pesavam menos do que 1000 quilogramas e 6 menos do que 500 gramas.

O Método Canguru é um importante aliado na recuperação da saúde do prematuro. Foto: Shyzuo Araki

A programação terá início na segunda-feira (12) com a palestra “Panorama da prematuridade”, ministrada às 10h30 pela obstetra do HMI, Luiza Emylce Rosado. Em seguida, a também obstetra Priscila Elena vai complementar o assunto abordando a morbimortalidade dos prematuros no HMI, às 10h45. Ainda no primeiro dia de atividades, às 11h, a infectologista da unidade, Cláudia Borges, vai expor sobre as infecções relacionadas à assistência à saúde dos prematuros, assunto que é motivo de muita atenção dos profissionais envolvidos no cuidado diário. Fechando o primeiro dia de programação, ocorrerá o esperado “Concurso de Paródias”, às 14h, com participação dos colaboradores da unidade que se inscreveram previamente.

No dia seguinte, terça-feira (13), às 9h, a equipe da Psicologia do hospital irá relatar histórias de mães que estão com seus bebês internados nas unidades neonatais do HMI. Já durante todo a quarta-feira (14), haverá uma exposição de cartinhas escritas pelos familiares de prematuros, contando suas histórias sobre o período de internação dos bebês, acompanhadas de fotos. A dinâmica “Vivência dos Sentidos” será realizada na quinta-feira (15), às 14h, na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) e Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neo) do HMI, para que os profissionais compreendam como o bebê prematuro se sente com os inúmeros estímulos que são lançados no ambiente. Serão pautados os cinco sentidos – audição, visão, olfato, tato e paladar – e, ao final,  será discutido sobre a experiência vivida.

Na sexta-feira (16), as profissionais – também conhecidas como super-heroínas – receberão cuidados estéticos no “Centro de Beleza da Mulher Maravilha”, durante a manhã. Paralelamente, haverá a “Fábrica de Super-Heróis”, em que os bebês internados nas unidades neonatais do HMI serão fotografados com capas dos super-heróis famosos como o Superman, Batman e Thor. Ao longo de toda a semana, os participantes ainda assistirão a apresentações musicais e lúdicas. No último dia, sábado (17), às 10h30, será realizado um abraço simbólico ao redor do HMI com a participação do super-time formado pelas equipes assistencial e de apoio, colaboradores, mães e ex-prematuros, Missão Sorriso, Projeto Bebê Canguru e de super-amigos que apoiam o HMI. A ação será animada pelo repertório musical da Fanfarra Banda Triunfo, da Polícia Militar Mirim. Na ocasião, todos estarão com camisetas personalizadas da Semana da Prematuridade.

Deixe seu comentário