Moinhos de Vento apresenta Projeto de Qualificação do Programa de Transplante de Medula Óssea do SUS

1191

Perto de comemorar a marca de 100 transplantes de medula óssea realizados pelo hospital, o Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), promoverá, no dia 27 de fevereiro, às 13h, o 7º Seminário Proadi-SUS. O tema principal será o “Projeto de Apoio e Qualificação do Programa de Transplante de Medula Óssea do Sistema Único de Saúde”, conhecido na instituição como “Projeto Mais TMO”.

A programação será ministrada pelo líder de Projetos Proadi, Fabiano Barrionuevo. Ele tratará do assunto trazendo um pouco da história do transplante no mundo e no Brasil, custos e variabilidade, entre outros pontos. “Cada entrega que o projeto busca trabalhar será apresentada e explicada. A forma como se desenvolve, sua metodologia, resultados preliminares, acompanhamento das atividade serão exibidos durante o seminário, além dos legados e benefícios conquistados para o Moinhos de Vento”, detalha.

Dados do Hospital sinalizam que até o momento foram realizados 94 transplantes de medula óssea. Para o mês de março estão agendados outros seis. Os procedimentos beneficiaram pacientes do Sistema Único de Saúde, por intermédio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (Proadi-SUS).

A programação acontecerá no Anfiteatro Schwester Hilda Sturm, localizado no 4° andar do bloco C. As inscrições podem ser feitas pelo site do IEP ou no link iepmoinhos.com.br/eventos.

Seminário Proadi-SUS

A intenção do evento é disseminar informações sobre cada iniciativa gerada em parceria com o Ministério da Saúde, dentro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS. No triênio 2018-2020, até o momento, são 25 projetos aprovados.

O Hospital Moinhos de Vento participa do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS) desde 2009. As iniciativas contribuem para a qualificação do SUS. Atualmente, o hospital compartilha sua expertise e executa projetos em todos os estados do país.

Deixe seu comentário