Instituto Ética Saúde firma Acordo de Cooperação com Instituto Não Aceito Corrupção

199

O Instituto Não Aceito Corrupção (INAC) é o mais novo parceiro do Instituto Ética Saúde.  O Acordo de Cooperação foi assinado em São Paulo. “O INAC, assim como o IES, faz um excelente e reconhecido trabalho para o fortalecimento da ética no Brasil. Esta união de forças tem o objetivo de ampliar a promoção de palestras, estudos conjuntos, publicações e campanhas voltadas ao fomento da transparência, combate à corrupção e condutas ilícitas. Há muito que fazer”, comemorou o presidente do Conselho de Administração do IES, Gláucio Pegurin Libório.

O Acordo também visa o desenvolvimento de pesquisas conjuntas através de efetiva complementação dos recursos humanos, materiais e de informações disponíveis, assim como o desenvolvimento de ações em outras áreas de interesse mútuo, como a realização de atividades de cooperação técnica.

Para o presidente do INAC, Roberto Livianu, “a saúde é o bem mais caro para o ser humano e um investimento estratégico para os governos. A gestão dos recursos públicos em Saúde deve ser feita com responsabilidade, pois a corrupção neste setor pode ceifar vidas. A parceria entre o Instituto Não Aceito Corrupção e o Instituto Ética Saúde é um passo importante na construção de um novo paradigma ético no campo da saúde”.

O Instituto Não Aceito Corrupção é uma associação apartidária, sem fins lucrativos, fundada em julho de 2015, que atua em três frentes: pesquisa, políticas públicas e educação/mobilização. Surgiu da articulação de um grupo de cidadãos que viu na crise política instalada a partir de junho de 2013, com os protestos de rua, uma oportunidade para transformar indignação em esforços estruturados para o enfrentamento da corrupção.

O Instituto Ética Saúde já tem assinado, nos mesmos moldes, Acordo de Cooperação técnica com a Associação Nacional do Ministério Público de Defesa da Saúde (Ampasa); com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com o Tribunal de Contas da União (TCU) e com o Conselho Administrativo Defesa Econômica (CADE).

Ética Saúde

O Instituto Ética Saúde busca garantir a segurança do paciente e a sustentabilidade do sistema de saúde por meio de uma conduta ética entre os atores em um ambiente de concorrência justa e transparente. Os objetivos consentidos do Instituto Ética Saúde incluem evitar incentivos ilegais ou antiéticos para agentes públicos e privados, prática de atos médicos ilegais ou antiéticos, evasões fiscais, irregularidades regulatórias, concorrência desleal, violação de direitos do consumidor e falsificação.

Este arcabouço é fiscalizado por meio de denúncias anônimas ou identificadas, com apuração justa e realização de um cadastro público positivo, para revelar à sociedade quais empresas atuam efetivamente de forma ética. O Canal de Denúncias é o www.eticasaude.org.br ou o 0800 741 0015.

Deixe seu comentário