Lançamento do Einstein promove atualização médica por meio do ensino adaptativo

424

O Ensino Einstein, braço de educação da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, acaba de lançar o aplicativo Atualização Médica Personalizada, plataforma online que utiliza o ensino adaptativo (do inglês, adaptive learning), uma tecnologia educacional inovadora, voltada para a atualização em conteúdos médicos relevantes para a prática clínica, explorando a aprendizagem individualizada do aluno de Medicina e do médico já formado. O aplicativo está disponível para equipamentos móveis (smartphone e tablets) e pode ser instalado em dispositivos iOS e Android. No início do segundo semestre, será lançada também a versão para desktop.

“Queremos preparar o médico para os desafios atuais. Diferentemente de tudo que já existe no mercado, a Atualização Médica Personalizada oferece um plano de estudo customizado conforme a necessidade detectada, com uma abordagem simples, dinâmica e eficiente”, afirma Sidney Klajner, presidente do Einstein.

Ao começar a utilização da plataforma, o usuário realiza um pré-teste, composto por casos clínicos e, com base no resultado, seu nível de conhecimento naquele tema é diagnosticado. A seguir, a inteligência do sistema indica uma rota de estudo personalizada, com materiais e questões apropriadas às necessidades do profissional, otimizando seu tempo e potencializando seu aprendizado. Ao final, um pós-teste avalia o nível de proficiência adquirido.

O conteúdo interativo, baseado nas melhores e mais atuais práticas da Medicina, conta com infográficos, videoaulas, entrevistas e animações. Foi produzido por uma equipe de mais de 80 médicos do Einstein, dentre autores e revisores. “Quando o time percebeu que teríamos 175 temas e 1.050 horas de material de estudo, chegou à conclusão que o ensino adaptativo seria o melhor método, pois permite-se que o aluno ou médico concentre energia nos pontos em que realmente precisa se aprofundar”, comenta Felipe Spinelli de Carvalho, Diretor-Superintendente de Ensino do Einstein.

A eficiência da plataforma alia-se a outro grande diferencial, a flexibilidade. O usuário pode estudar em qualquer lugar e a qualquer hora, conciliando a atualização constante à rotina estudantil ou profissional.

Ao todo, serão oferecidas 22 especialidades médicas, que abordarão as condições mais prevalentes na população brasileira. Os primeiros lançamentos são: Cardiologia, Endocrinologia, Ginecologia, Obstetrícia e Pediatria.  Para os próximos meses, estão previstos Dermatologia, Psiquiatria, Neurologia, Medicina da Família e Comunidade, Ortopedia, Reumatologia, Urologia, Nefrologia, Infectologia, Pneumologia, Emergências Cirúrgicas, Gastrocirurgia, Gastroclínica, Hematologia, Oncologia, Oftalmologia e Otorrinolaringologia.

A plataforma foi desenvolvida pensando em médicos já experientes, que desejem revisar e atualizar periodicamente seu conhecimento, porém, é indicada também para médicos recém-formados e estudantes dos últimos anos da Graduação em Medicina.

Deixe seu comentário