Médicos do Hospital Moinhos de Vento orientam sobre remédios para a hipertensão recolhidos pela Anvisa

1322

Muito pacientes hipertensos foram pegos de surpresa com a decisão anunciada pela Anvisa de recolher 181 lotes de remédios para hipertensão, devido à presença de impurezas denominadas “nitrosaminas”, associadas ao risco de câncer.

Além do recolhimento, alguns terão suspensa a fabricação, importação, distribuição, comercialização e uso dos insumos sob suspeita de contaminação. No total, foram feitas 14 suspensões de dez fabricantes internacionais.

Mas conforme a dra. Carisi Polanczyk, chefe do Serviço de Cardiologia, Cirurgia Vascular e Cardíaca do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), a notícia não deve gerar pânico. Ela alerta que não existe risco imediato à saúde e que o paciente não deve interromper o tratamento sem acompanhamento médico. “Não se trata de uma urgência. É importante que, ao verificar que o lote do seu medicamento consta na lista da Anvisa, o paciente agende uma consulta e converse com o seu cardiologista para tirar dúvidas e avaliar com ele a troca da medicação”.

Os lotes recolhidos podem ser encontrados no link: bit.ly/2DXWIrK

Deixe seu comentário