‘Música nos Hospitais’ leva concerto gratuito ao Instituto Dante Pazzanese

156

Iniciativa da Associação Paulista de Medicina (APM), com aprovação do Programa Nacional de Cultura (Pronac), do Ministério da Cultura, e parceria do Aché Laboratórios Farmacêuticos, o projeto “Música nos Hospitais” comemora 13 anos de muito sucesso e segue sua programação em 2018.

Desta vez, o público poderá conferir as apresentações da Orquestra do Limiar no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, localizado na Vila Mariana, em São Paulo. Dia 19 de setembro, às 12h, será realizado um ensaio aberto, na recepção do prédio III; já no dia 26 de setembro, às 12h, acontecerá o concerto. Sob a regência do maestro e médico Samir Rahme, a apresentação poderá ser acompanhada, primeiramente, no hall da instituição e, depois, seguirá para os corredores, garantindo que a música alcance também aos pacientes que não podem se deslocar.

Um dos principais objetivos da iniciativa é deixar a rotina hospitalar mais leve, levando a alegria e os benefícios da música aos pacientes, funcionários e frequentadores. Além disso, visa proporcionar contato com a cultura por meio da realização de concertos de música erudita e instrumental.

O projeto tem programação 100% gratuita e, até o fim do ano, terá passado por 13 instituições nos Estados de São Paulo, Bahia e Ceará.

O projeto – Desde 2004, o Música nos Hospitais foi realizado 176 vezes, em 21 cidades espalhadas pelo Brasil, contemplando 68 hospitais e reunindo cerca de 60 mil pessoas – entre médicos, enfermeiros, funcionários, pacientes e familiares.  Ao longo desses anos, a APM, junto aos parceiros, buscou impactar positivamente o dia a dia das pessoas nos hospitais e, desta forma, ampliar também o gosto pela música instrumental.

Estudos publicados pela Associação Americana de Musicoterapia (American Music Therapy Association – AMTA) e pela Federação Mundial de Musicoterapia (World Federationof Music Teraphy – WFMT) indicam os efeitos positivos da música no funcionamento do organismo. Hoje, já se sabe que as atividades musicais melhoram o humor, potencializam a expressão e favorecem o aprendizado.

Deixe seu comentário