Projeto Hidrate-se alerta pacientes oncológicos para o consumo de água no inverno

207

Com o objetivo de manter a hidratação de seus pacientes oncológicos no inverno, época do ano em que a sede diminui, o Hemomed Instituto de Oncologia e Hematologia, de São Paulo (SP), promove o Projeto Hidrate-se.

Trata-se de oficinas educativas ministradas pelo setor de nutrição do Hemomed, sob coordenação do Departamento de Oncologia, objetivando conscientizar pacientes e familiares sobre a importância da hidratação e ensinar receitas de águas aromatizadas como estímulo para que os pacientes bebam mais água.

Segundo a nutricionista oncológica do Hemomed, Ana Paula Rus Perez, no inverno costumamos beber menos água do que no verão porque transpiramos menos, perdemos menos líquidos e, por esse motivo, sentimos menos sede.

A água compõe aproximadamente 70% do nosso corpo e é importante para as funções vitais, regulação da temperatura corporal, processo de respiração, moldagem do bolo fecal, eliminação de toxinas pelo organismo e transporte de nutrientes a todas as partes do corpo.

Pacientes submetidos à quimioterapia precisam de hidratação

Segundo o oncologista do Hemomed, Bruno Conte, pacientes em tratamento quimioterápico, especialmente, precisam hidratar-se para evitar toxicidade para os rins, que será maior se o paciente estiver desidratado. “A hidratação consegue diminuir efeitos tóxicos também para os demais órgãos, pois ajuda a eliminar mais rápido os chamados metabólitos (substâncias potencialmente tóxicas)”, alerta.

Ele destaca que um dos efeitos mais desastrosos da desidratação é sobre o cérebro, pois o mesmo é constituído por 90% de água. “Portanto, a desidratação pode levar a alterações de humor, raciocínio e funções cognitivas complexas como o sono e a atenção”, destaca o médico.

Semana passada aconteceu o primeiro dia da oficina. Os pacientes foram convidados a experimentar e conhecer as águas e, segundo a nutricionista, ter o contato direto pode incentivá-los a testar em casa. “Quando eles vêm e provam, descobrem que é bom e que realmente o sabor ajuda na ingestão, ficando então disponível aqui para eles na clínica também”.

A Oficina contou com três jarras de aromas diferentes: uma mais doce de tangerina com canela, a outra de limão siciliano com menta, com toque mais cítrico, e a última para ajudar pacientes que passam por náuseas. A água com limão e gengibre diminui os enjôos.

Após a oficina, os pacientes ganham um livro com as receitas.

O Projeto Hidrate-se está sendo divulgado também pelo canal de TV do Hemomed em todas as suas unidades

Deixe seu comentário