PUC-Rio e Hospital São Francisco na Providência de Deus lançam pós-graduação inédita no Rio de Janeiro

1036

Um curso inovador de especialização médica tem como objetivo contribuir para a criação de novos centros de transplante renal e transformar a vida de mais de 22 mil brasileiros que aguardam na fila por um rim no país, de acordo com dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). A pós-graduação inaugura parceria entre Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e o Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), o maior centro transplantador renal do estado do Rio de Janeiro e o quarto maior do país.

Formar especialistas para atuar na realização de transplantes renais é fundamental. “Existem mais de 120 mil pacientes em diálise e centros de transplante no país muito aquém do que necessário”, alerta Ricardo Ribas, cirurgião e coordenador médico da equipe de transplantes renais do HSF e coordenador do Curso de Especialização em Transplante Renal, o primeiro a oferecer capacitação em captação multiorgânica, transplante adulto e pediátrico – inclusive em crianças com peso abaixo de 15 kg. “A proposta é capacitar novos cirurgiões em transplantes renais, para conseguir suprir essa demanda que existe em todo o país”, pontua Ribas, que coordena a especialização juntamente com o professor Hilton Augusto Koch, decano da PUC-Rio.

Com duração de um ano, a pós-graduação será oferecida a partir de 2019, com 1.930 horas/aula e um conteúdo programático abrangente. “Nosso objetivo é a formação de médicos qualificados, unindo a excelência acadêmica da PUC-Rio e a experiência de sucesso dos profissionais altamente capacitados que atuam no Centro Avançado de Transplante de Órgãos e Tecidos do HSF, responsáveis por um número expressivo de cirurgias”, ressalta Solange Freiria, coordenadora administrativa do Departamento de Medicina da universidade. E ela já antevê o sucesso da iniciativa: “nossa expectativa é que essa parceria entre a universidade e o HSF possa render novos cursos de especialização, tão necessários para a melhoria continuada da atuação médica”.

Entre as disciplinas oferecidas, estão: Estudo Radiológico no Transplante Renal; Seminários de Especialidades Conexas; Transplante Renal de Doador Falecido e Transplante Renal Intervivos, incluindo aspectos legais, Transplante Renal Pediátrico e treinamento para publicação científica. O corpo docente é formado por médicos e professores universitários que integram a equipe de transplantes renais do HSF, além de outros especialistas de renome da PUC-Rio.

A Especialização em Transplante Renal é voltada para médicos formados com registro no Conselho Regional de Medicina, que tenham completado residência médica ou pós-graduação em Cirurgia Geral, com a duração mínima de dois anos. Ao final do curso, os pós-graduados estarão capacitados a desempenhar todas as ações relacionadas ao transplante renal, desde a aplicação da legislação brasileira para a prática de transplante de órgãos e tecidos até a análise de forma crítica dos aspectos éticos da doação e dos implantes, passando por questões técnicas como o manejo de equipamentos, capacidade para diagnosticar complicações e definir as melhores opções clínico-cirúrgicas para de solucioná-las, realizar acompanhamento ambulatorial pré e pós transplante renal e, por fim, participar de pesquisas, congressos e publicações sobre o assunto.

Para saber mais, acesse: www.cce.puc-rio.br/sitecce/website/website.dll/folder?nCurso=transplante-renal&nInst=cce

Deixe seu comentário