Santa Casa de São José dos Campos e Prefeitura firmam parceria com foco na saúde da mulher

984

Na última sexta-feira (1), a Santa Casa de Misericórdia de São José dos Campos (SP) confirmou uma ampliação da parceria com a Prefeitura de São José dos Campos para atender o Programa Saúde da Mulher.

O objetivo do credenciamento é ampliar a oferta de consultas ginecológicas e exame citopatológico de colo uterino, para as pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

O anúncio foi feito pelo prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth, já na sexta-feira e o atendimento de 3 mil consultas deve ser iniciado ainda em fevereiro. O encaminhamento será feito pelas Unidades Básicas de Saúde do município.

A Santa Já está atendendo os homens através de outro convênio com o município desde o início do ano, para exames de biopsia de próstata.

O provedor da Santa Casa de São José dos Campos, Ivã Molina, parabenizou a iniciativa do prefeito e da secretaria de saúde e anuncia que o hospital está preparado para iniciar o atendimento. “As mulheres de São José conseguirão rapidamente pôr em dia suas consultas e exames preventivos e valorizo a iniciativa do prefeito e da secretaria por priorizar esse investimento e buscar soluções para a saúde do município. A Santa Casa tem capacidade para atender essa parceria e hoje é referência estadual em todo o Vale para gestantes de risco, maternidade, UTI neonatal, transplantes, queimados e saúde da mulher. Já estamos prontos para esse e outros atendimentos que o município precisar. Colocamos toda nossa excelência e humanização para receber as munícipes”, destaca o provedor.

A Santa Casa de São José dos Campos alcançou a homologação no Nível 3, da certificação de Acreditação da ONA – Organização Nacional de Acreditação, em dezembro de 2018. O selo tem por objetivo demonstrar que a instituição tem uma cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade. A Santa Casa está entre os 141 hospitais do Brasil homologados nesta categoria, sendo que destes, apenas 12 são entidades filantrópicas.

Deixe seu comentário