Seminário discute Câncer de Cabeça e Pescoço

186
Foto: Rodrigo Santiago

No último dia 29, a Associação Pró-Vita promoveu seminário gratuito sobre o Câncer de Cabeça e Pescoço, que é o segundo mais frequente tipo de câncer entre os homens no Brasil, atrás somente do câncer de próstata, de acordo com o INCA. O evento foi direcionado a acadêmicos e profissionais de saúde que buscaram informações atualizadas a respeito da doença nos âmbitos da prevenção, diagnóstico e tratamento. Na ocasião, mais de 80 pessoas estiveram presentes.

O câncer de cabeça e pescoço é uma doença heterogênea, que compreende diversos locais afetados (boca, faringe e laringe) por um tipo comum de tumor, que é o carcinoma epidermóide. A maioria dos casos estão relacionados ao tabagismo, alcoolismo, HPV, alimentação irregular e obesidade.

O evento contou com palestras do oncologista da Rede D’Or, Daniel Herchenhorn, que abordou, principalmente, os fatores de risco; do cirurgião de cabeça e pescoço do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), Leonardo Rangel, que falou sobre os tratamentos, que englobam etapas como cirurgia, radioterapia e quimioterapia; e da fonoaudióloga Caroline Peixoto, também do HUPE, que trouxe ao público amplo conteúdo relacionado a reabilitação do paciente. Em seguida, o presidente do Conselho Técnico da Associação Pró-Vita, o hematologista Luis Fernando Bouzas, conduziu um debate sobre o tema.

“A palestra foi organizada com muito carinho por toda equipe. A cada edição, o número de inscrições tem crescido bastante, e o sucesso tem sido acompanhado através da própria opinião dos participantes, que respondem um questionário no final da palestra”, celebra Ottmar Saffier, presidente da Associação Pró-Vita.

Mais informações sobre o trabalho da Associação Pró-Vita podem ser obtidas pelo site www.provita.org.br.

Deixe seu comentário