Texas Cardiac Arrhythmia Institute do St. David’s Medical Center está inscrevendo pacientes para testar dispositivo para redução de AVC

329

O Texas Cardiac Arrhythmia Institute (TCAI) do St. David’s Medical Center começou recentemente a inscrever pacientes para participar do estudo clínico DIAMOND-AF II para avaliar a eficácia do Sistema DiamondTemp no tratamento de pacientes com fibrilação atrial persistente (ou “A Fib”, em inglês). Trata-se de um tipo de batimento cardíaco irregular que afeta o sistema elétrico ou “fiação” do músculo cardíaco, fazendo com o que sangue se deposite no coração e forme coágulos que podem chegar até o cérebro. Caso não seja tratada, essa fibrilação atrial pode aumentar o risco de um acidente vascular cerebral (AVC).

O sistema de ablação é composto por um cateter de ablação (um tubo plástico, fino e flexível que é inserido no corpo e no coração do paciente), um gerador de radiofrequência e uma bomba de irrigação. O gerador fornece energia de radiofrequência (RF) ao cateter utilizando um método exclusivo de controle de temperatura para criar uma ablação, o que ocorre quando a energia de RF percorre o cateter, penetrando o tecido do coração para aquecer uma pequena área e criar uma cicatriz para bloquear os ritmos cardíacos irregulares que causam a fibrilação atrial. Em seguida, a bomba de irrigação insere solução salina no cateter para resfriar a ponta do cateter durante a ablação.

“Esse sistema de ablação nos permite fazer a ablação com uma potência mais alta e em pouco tempo, além de nos fornecer feedback através de mensurações instantâneas da temperatura do tecido, controladas por computador”, disse Andrea Natale, médico, F.A.C.C., F.H.R.S., F.E.S.C., diretor médico executivo do Texas Cardiac Arrhythmia Institute do St. David’s Medical Center e principal pesquisador do estudo clínico. “Esse método produz lesões melhores, e poderá se traduzir em resultados melhores para o paciente”.

O TCAI encerrou recentemente as inscrições para o estudo DIAMOND-AF para avaliar o Sistema DiamondTemp para o tratamento de fibrilação atrial paroxística, ou fibrilação atrial que dura menos de uma semana. O estudo DIAMOND-AF II deverá se estender até o ano que vem.

Deixe seu comentário