Unimed Sorocaba inaugurou seu instituto de responsabilidade social

265

Foi inaugurado, na noite de 24 de julho, o Instituto Dr. Miguel Soeiro, entidade de caráter social e comunitário criada pela Unimed Sorocaba (SP) com o objetivo de planejar, organizar e desenvolver ações voltadas à população de Sorocaba e de cidades vizinhas.

A Diretoria Executiva da Cooperativa, formada por José Francisco Moron Morad, Paulo Hungaro Neto, Miguel Villa Nova Soeiro Filho, Fernando Carvalho e Silva e José Augusto Rabello Júnior (respectivamente, presidente, vice-presidente, superintendente, diretor de Assuntos Médicos e diretor de Mercado), recepcionaram os convidados. Entre eles, estavam membros dos Conselhos de Administração, Fiscal e Técnico da Unimed Sorocaba; cooperados; colaboradores e autoridades em geral, como a secretária municipal da Saúde, Kely Schettini; o presidente e um dos diretores da Fesp – nessa ordem, Omar Abujamra Junior e Marcos de Almeida Cunha; o superintendente do Sistema Ocesp, Aramis Moutinho Junior; e a gestora do Instituto Unimed Belo Horizonte, Alessandra Peixoto.

Ao discursar, o presidente da Unimed Sorocaba, José Moron, destacou a figura do patrono do Instituto, o seu colega cooperado Miguel Villa Nova Soeiro (já falecido). “Ele foi uma figura ímpar e exemplar, um dos grandes impulsionadores desta Cooperativa e exemplo de cooperativismo”, pontuou. “Sem ele, esta instituição não teria o que tem, não seria o que é e nem poderia propor fazer o que este instituto fará.”

Na sequência, Alessandra Peixoto falou aos presentes. “O Instituto Unimed Belo Horizonte foi fundado em 2003 e, ao longo da sua história, foi definida sua linha de atuação – sempre em parceria com a comunidade, escutando e entendendo o que ela queria.”

Segundo ela, o Instituto Unimed Belo Horizonte trabalha em cinco linhas de atuação: projetos de cultura, comunidade, voluntariado, meio ambiente e adoção de espaços públicos. “Juntos, eles montam um círculo virtuoso, com o envolvimento de cooperados, colaboradores, comunidade, clientes corporativos e os próprios beneficiários atendidos.”

Alessandra complementou: “Esta sala cheia é o primeiro sinal de que o Instituto Dr. Miguel Soeiro já nasce vitorioso”, ressaltou. “Quando tomamos a decisão de criar uma unidade do terceiro setor, que quer trabalhar com foco na sociedade, é mais um meio de dizer que a Unimed cuida da comunidade assim como cuida dos seus clientes”, reforçou.

O último a falar foi o superintendente da Unimed Sorocaba – e um dos filhos do patrono do Instituto –, Miguel Villa Nova Soeiro Filho. Inicialmente, ele agradeceu pelas considerações elogiosas do presidente Moron em relação ao seu pai e afirmou que as palavras de Alessandra foram muito adequadas.

Miguel fez uma breve apresentação do envolvimento da Unimed Sorocaba ao longo dos anos em prol da comunidade; do empenho dos cooperados, colaboradores e voluntários nesse sentido e agradeceu pela disposição da equipe do setor de Responsabilidade Socioambiental na criação do instituto – especialmente da gerente, Patrícia Bezerra, e do analista de sustentabilidade sênior, Ricardo Naccarati.

“Vocês foram fantásticos”, elogiou Miguel. Também acrescentou que os principais programas em atividade, o Barça-Unimed e o Adote Uma Escola, permanecerão operantes e poderão até ser expandidos com a fundação do Instituto Dr. Miguel Soeiro.

“Além de possuir, incorporar e aguçar o sétimo princípio do cooperativismo, a motivação da Unimed Sorocaba ao criar este instituto foi uma forma de gratidão e retribuição à comunidade daquilo que nos foi provido”, observou. “Esta fundação representa a certeza de que a dedicação positiva e as boas energias sempre frutificam para o bem. É, ainda, nosso legado para as futuras gerações: uma forma de imortalizarmos nossas boas contribuições pela passagem que tivemos aqui e a nossa parcela na construção de um mundo melhor”, finalizou.

Deixe seu comentário