Univali aprova PET-Saúde Interprofissionalidade em parceria com o Município de Itajaí

692

A Universidade do Vale do Itajaí (Univali) aprovou projeto no edital do Ministério da Saúde PET-Saúde Interprofissionalidade, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí. Cerca de 200 Instituições de Ensino Superior (IES) submeteram propostas. Em Santa Catarina, oito foram selecionadas, sendo que a Univali se destacou pelo número expressivo de grupos tutoriais vinculados (cinco grupos). O projeto inicia agora em dezembro e segue até 2020, envolvendo 60 bolsistas.

Esta é a nona edição do Saúde PET-Saúde, que dará continuidade à promoção de iniciativas para o fomento de processos de integração ensino-serviço-comunidade, com a participação de docentes, estudantes da graduação e profissionais de saúde. Os 60 bolsistas serão distribuídos da seguinte forma em Itajaí (SC): 10 professores, 20 profissionais da Rede Municipal de Saúde e 30 acadêmicos dos cursos da saúde.

Ao final do ano passado, o projeto PET-Saúde GraduaSUS Univali foi o primeiro colocado da categoria “Educação para Saúde com Enfoque Integral”, do Concurso de Experiências Significativas em Promoción de la Salud em la Región de las Américas”, promovido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPS) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Neste ano, de acordo com a professora Simone Viana, responsável pelo PET-Saúde na Univali, a nova proposta considera os avanços obtidos com o GraduaSUS, mais vai além, pois colabora com a implantação das novas matrizes dos cursos da área da saúde, fornecendo subsídios para a implantação de currículos integrados, a partir da incorporação de disciplinas que oportunizem a educação interprofissional. “O trabalho contemplará a todos a partir da criação e do desenvolvimento do Núcleo Integrado de Disciplinas (NID), do 1º ao 5º período, que abrange temas da saúde, do ambiente e da sociedade, acrescido de vivências nos cenários de práticas da Atenção Básica em Saúde e nos demais níveis de atenção”, explica.

Haverá grupos que acompanharão a implantação e desenvolvimento dos períodos iniciais dando sequência as ações do GraduaSUS, porém com foco na educação interprofissional, cujas vivências ocorrerão nas Unidades Básicas de Saúde de Itajaí.

Outros grupos que estarão implicados na experimentação das práticas colaborativas, voltada para acadêmicos de períodos mais avançados da formação, a partir da compreensão do cuidado em rede, considerando a Atenção Básica como ordenadora do cuidado e sua articulação com os demais níveis de atenção. Estes grupos terão as vivências práticas em Unidade Básica de Saúde, Centro Especialidade e Reabilitação, Serviço Ambulatorial de Saúde Auditiva, Unidade de Saúde da Família e Comunidade com ambulatório de Neonatologia e Psiquiatria, e na gestão do Departamento de Atenção à Saúde de Itajaí. Cada grupo será gerenciado por um coordenador e um tutor que são professores universitários e as atividades em campo serão acompanhadas pelos preceptores (profissionais da saúde das mais diversas categorias).

“A Univali tem se destacado no cenário nacional e internacional pela elevada qualidade das propostas apresentadas e desenvolvidas. O nosso grande diferencial é, portanto, a interprofissionalidade e agora se fortalece, permeando por todas as áreas da saúde”, afirma a professora Luciane Angela Nottar Nesello, diretora da Escola de Ciências da Saúde.

Deixe seu comentário