XVI Jornada Paulista de Urologia discute avanços no tratamento de cânceres

995

Na última semana, ocorreu a XVI Jornada Paulista de Urologia, o maior evento da área no interior paulista, em Campos do Jordão (SP). O evento contou com 900 participantes e abordou temas como cirurgias minimamente invasivas e tratamentos para os cânceres de pênis, próstata e rim.

A Jornada Paulista organizou um curso para ensinar aos jovens urologistas como realizar a prostatectomia radical laparoscópica, que contou com a participação do professor da FMABC Marcos Tobias Machado. “A curva de aprendizado dessa operação é muito longa e cursos como esse são importantes para que os alunos possam aprimorar suas habilidades. Além de que, a substituição da cirurgia aberta (convencional) por técnicas de laparoscopia ou Robótica, são muito menos invasivas”, comenta Tobias, que é cirurgião robótico dos hospitais da rede D’Or e uma das maiores experiências no Brasil em cirurgia de mínima invasão.

O Professor e Doutor Marcos Tobias, dedicado ao tratamento do câncer, também palestrou sobre o tratamento dos linfonodos inguinais em pacientes com câncer de pênis com a técnica vídeo endoscópica. “Esta nova cirurgia vem ganhando adeptos mundialmente devido à redução significativa das complicações”, completa.

Outro assunto destacado na programação foi a cirurgia para os tumores do rim, onde o Dr. Marcos Tobias esclarece que muitos foram os fatos novos nesse tópico nos últimos 10 anos. “No passado, o tratamento padrão era a retirada completa do rim, e hoje evoluímos para cirurgia com ressecção apenas do tumor, preservando parte do rim”, explica o professor.

Um terceiro assunto abordado foi a possibilidade de destruir tumores pequenos do rim através de calor ou frio, pois em pacientes onde a cirurgia pode ser mórbida, a aplicação de radiofrequência ou crioablação são boas opções de tratamento. Com todo esse avanço na cirurgia a sobrevida e a qualidade de vida dos pacientes com câncer de rim têm melhorado significativamente.

Deixe seu comentário