Futuro dos hospitais será tema do 5º Conahp em São Paulo

1094
Foto do Conahp, edição 2016. Crédito: Gustavo Rampini/Divulgação

Os desafios do novo paciente, as transformações nos sistemas de saúde e as inovações e tecnologias no setor da saúde no Brasil e no mundo. Esses e outros assuntos irão conduzir a 5º edição do Congresso Nacional de Hospitais Privados (Conahp). Sob o tema “O hospital do futuro: o futuro dos hospitais”, o evento reunirá entre os dias 22 e 24 de novembro, no WTC São Paulo, as principais instituições de saúde do país, além de especialistas e autoridades da área do Brasil e de outros países.

“Chegamos ao 5º Conahp em 2017 sempre priorizando temas que colocam em xeque a sustentabilidade e o desenvolvimento do setor. Nos últimos anos, presenciamos grandes mudanças em pequenos intervalos de tempo. Dessa forma, não há como ignorar a reflexão de como será nosso sistema de saúde e qual será o papel dos agentes do setor diante de tantas transformações”, afirma Francisco Balestrin, Presidente do Conselho da Anahp.

Entre os nomes já confirmados estão João Doria, prefeito de São Paulo; Fábio Gandour, cientista-chefe da IBM Brasil; Mark Britnell, presidente do conselho de administração da Prática Global de Saúde da KPMG; e Eric De Roodenbeke, CEO da International Hospital Federation (IHF); André Médici, economista especializado em saúde do Banco Mundial; Claudio Lottenberg, presidente do UnitedHeakth Group Brasil e presidente do Instituto Coalizão Saúde; o consultor em saúde pública Eugênio Vilaça; o ex-secretário municipal de Saúde de SP Januário Montone e Giovanni Guido Cerri, vice-presidente do Instituto Coalizão Saúde.

Serão três dias de evento com palestras, exposição de trabalhos científicos e espaço de relacionamento com parceiros. O tema será discutido a partir de três eixos estratégicos: “do paciente ao indivíduo, a redefinição da entrega de valor”; “sistema de saúde: as rupturas emergentes e o papel dos hospitais”; e “inovação e futurismo: a tecnologia a nosso favor”.

“As pessoas precisam ser cuidadas de forma preventiva para se manterem mais saudáveis. Se não houver prevenção, elas sempre viverão na alta complexidade e não há como sustentar um sistema destes, além de ser injusto com os pacientes”, explica Alceu Alves da Silva, Presidente do Comitê Científico do 5º Conahp. “Outro fator importante é a tecnologia [da informação]. Precisamos de sistemas mais atrativos, amigáveis ao acesso de serviços de saúde, e acredito que teremos avanços impressionantes”.

Inscrições antecipadas e em grupo têm condições especiais. Profissionais de hospitais associados têm descontos exclusivos. Saiba mais sobre a programação no site do Conahp.

Deixe seu comentário