Hospital promove treinamento em cirurgia de hérnia inguinal e videocirurgia

875

Uma série de cirurgias de correção de hérnia inguinal foi realizada na manhã de sexta-feira (20), no Hospital do Câncer de Mato Grosso (HCan-MT) numa parceria com o Hospital Santa Rosa, em Cuiabá (MT), para o aprimoramento da técnica de Liechtenstein por médicos mato-grossenses. No período da tarde foi realizado um treinamento com foco teórico em videocirurgia.

Ambas as ações fazem parte da programação da sexta edição do “Gastrinho” – um programa voltado para a atualização médica em cirurgia digestiva, com módulos voltados para as áreas do conhecimento em gastroenterologia clínica e cirúrgica, ministrados por especialistas na área.

“A proposta é que, após o mutirão, os médicos possam dar continuidade ao tratamento de outros pacientes que vierem a sofrer dessa patologia em Mato Grosso. Ao todo, foram realizados cerca de dez procedimentos para correção de hérnia inguinal. Já o treinamento em videocirurgia foi voltado para residentes”, explica um dos organizadores do “Gastrinho”, o cirurgião geral e do aparelho digestivo Carlos Henrique Arruda Salles.

TÉCNICA DE LICHTENSTEIN – A técnica de Lichtenstein – “Tension Free” (“Livre de Tensão”) – é o que se tem de mais apurado em cirurgia das hérnias inguinais, permitindo fixação de prótese de polipropileno, sem tensão na linha de sutura, baixa reincidência, ampla aplicabilidade, fácil ensino aos cirurgiões, alta precoce do paciente e menores custos.

Embora muitas pessoas que sofrem com o problema de hérnia inguinal adiem a solução, praticamente todos os casos necessitam de intervenção cirúrgica – cujo índice de cura alcança 98%. Se não cuidado, o problema pode desencadear complicações que trazem risco de morte ao paciente. As hérnias inguinais são hérnias que ocorrem na região da virilha e correspondem a 75% de todas as hérnias abdominais e são 25 vezes mais comum em homens do que em mulheres.

GASTRINHO – Com miniconferência e palestras de alto nível sobre temas atuais, o programa “Gastrinho” é voltado para estudantes, graduados na área médica e cirurgiões gerais e do aparelho digestivo. Além de estimular a pesquisa e contar com a divulgação de trabalhos acadêmicos, o evento tem como proposta desmistificar a rotina dos profissionais deste segmento ao promover o intercâmbio educacional por meio da aplicação de conceitos, discussão e análise de casos durante a edição.

Tanto os treinamentos como o “Gastrinho” são realizados pelo Hospital Santa Rosa – por meio do Programa de Residência Médica Centro de Estudos Dr. Cervantes Caporossi – em conjunto com a Liga de Cirurgia do Aparelho Digestivo (LCAD) da Unic, o Colégio Brasileiro de Cirurgiões – Secção Mato Grosso (CBC-MT) e a Federação Brasileira de Gastroenterologia (FGB).

Deixe seu comentário