Hospital Samaritano Paulista é inaugurado em São Paulo

946

No ano em que comemora 125 anos, o Hospital Samaritano inaugura a sua segunda unidade, na Avenida Brigadeiro Luis Antonio, oferendo a população paulistana medicina hospitalar de excelência no coração de São Paulo (SP). O novo Hospital Samaritano Paulista integra emergência, cirurgia e reabilitação: uma tríade de serviços focados nas especialidades cardiológica e neurológica. Atuando sob os mesmos princípios de excelência que construíram a reputação da marca Samaritano, a nova unidade oferece padrão de qualidade compatível com os mais avançados centros internacionais de medicina hospitalar, abrangendo pronto-socorro, atendimento ambulatorial, tecnologias de diagnóstico e cirurgias minimamente invasivas.

“Uma cidade com as dimensões de São Paulo merece um hospital com a expertise de especialistas e a melhor tecnologia disponível para intervenção em episódios agudos, sobretudo os que acometem grande parte da população mundial, como o acidente vascular cerebral e o infarto. Posso afirmar que nosso hospital está operando com o que há de mais moderno em medicina e estruturado com uma linha de cuidado completa, que assegura maior previsibilidade e melhor resolutividade”, antecipa Valter Furlan, diretor do Hospital Samaritano Paulista.

O investimento de R$ 340 milhões foi o responsável por erguer um prédio com 10 andares e um heliponto. Em uma área construída de 27 mil m², destacam-se um espaço voltado para a reabilitação, com 1.000 m² e piscinas para hidroterapia, e um andar inteiro dedicado à cirurgia, com salas híbridas e inteligentes. Neste local, encontra-se o primeiro aparelho ARTIS Pheno disponível aos pacientes de um hospital brasileiro. Trata-se de um sistema de angiografia de braço C suportado por robô, desenvolvido para uso em cirurgias minimamente invasivas, radiologia e cardiologia intervencionistas e cirurgia vascular periférica. Por ser extremamente versátil, o equipamento acomoda pacientes com qualquer tamanho, condição clínica ou requisitos de posição.

Em neurologia, destacam-se ainda os microscópios de alta definição e o neuronavegador de última geração, que permitem visualizar e atuar em áreas profundas do cérebro, com menor risco de lesões ao paciente. No total, o centro cirúrgico conta com oito salas com tecnologia para transmissão ao vivo. Nos demais andares, estão 163 leitos, sendo 27 de unidade de terapia intensiva (UTI) e oito VIPs.

“Além de equipes multidisciplinares, tecnologia avançada e processos que asseguram os mais altos níveis de qualidade médica, damos ênfase absoluta na experiência do paciente e do seu familiar. Nossa equipe é especialmente dedicada a assegurar que os nossos valores estejam presentes nas relações de atenção e cuidado que estabelecemos”, conclui Claudio Lottenberg, Presidente do UnitedHealth Group Brasil.

Um hospital que já nasce premiado e certificado

O Hospital Samaritano Paulista possui acreditação pela Joint Commission International (JCI) e certificação em doenças clínicas, como infarto agudo do miocárdio e insuficiência cardíaca. Além disso, também é considerado um centro internacional de excelência em cardiologia pelo American College of Cardiology (ACC). Detém, ainda, o prêmio Platinum da American Heart Association (AHA), de excelência no tratamento do infarto agudo do miocárdio, apresentando indicadores de qualidade que o destacam entre os melhores do mundo.

Essa conquista antecipada foi possível porque o Hospital Samaritano Paulista adotou o modelo assistencial implementado pelo TotalCor – hospital que pertence ao mesmo grupo, o Americas Serviços Médicos, e que foi integralmente transferido para a nova unidade.

Deixe seu comentário