Música e riso para descontrair pacientes do Hospital São Vicente de Paulo

535
Caminho da Alegria leva descontração aos pacientes

Com muito amor, criatividade e responsabilidade os voluntários que realizam atividades no Hospital São Vicente de Paulo (HSV), de Jundiaí (SP), sempre arrumam um jeitinho de deixar o dia dos pacientes um pouco mais leve. Ao longo do mês a programação é intensa e inclui desde música a performances de grupos de palhaço. Para os pacientes, é um momento de esquecer o problema de saúde e deixar o pensamento ir longe.

No dia 6 de julho o grupo de palhaços Caminho da Alegria esteve no hospital percorrendo quartos e corredores, no intuito de interagir com os pacientes internados. Percurso que o grupo de 52 voluntários – que se revezam, realiza todos os sábados, há 15 anos.

De acordo com a coordenadora do grupo, Silmara Leme do Prado, os participantes fazem parte de um projeto que integra o Núcleo Assistencial Casa do Caminho. “Existem estudos que comprovam que a abordagem rápida, que mexe com a imaginação e propicia momentos lúdicos, auxilia na recuperação. Em nossas visitas tentamos tirar um pouco o paciente do estado mental em que se encontra, mesmo que seja por alguns instantes”, conta ela.

Outra atividade de destaque, realizada em 4 de julho, foi a apresentação do músico Daniel Santana, que tocou canções sertanejas solicitadas pelos pacientes. A ação integra o projeto “Canção do bem”, da ONG Amigos pela Fé. A cada 15 dias um músico diferente é convidado para participar da iniciativa.

Além destas ações, o voluntariado do HSV conta com grupos de orientação espiritual e religiosa, aplicação de reiki, apoio emocional, apresentação de corais e muito mais.

Deixe seu comentário