Nerplan constrói prédio ideal para empresas da área de saúde

2948
Localizado dentro do Condomínio San José, em Cotia (SP), o empreendimento está próximo às rodovias Raposo Tavares Km 29,5 e BR116

Um assunto que nunca sai de moda é redução de custos. Em qualquer tipo de atividade é possível buscar maneiras de otimizar as operações e gerar mais valor ao serviço oferecido. Uma dessas formas é investir em estruturas físicas que agreguem vários benefícios, economizando planejamento e tempo de execução.

Foi pensando nisso que um investidor de imóveis voltados a locação contratou a Nerplan Engenharia para construir um prédio com características que atendam às necessidades de empresas da área de saúde, farmácia, higiene, logística e indústria.

Localizado em uma região arborizada dentro do Condomínio San José, em Cotia (SP), o prédio tem área construída de 1.800 m² em um terreno de 1.600 m² e está próximo às rodovias Raposo Tavares Km 29,5 e BR116, bem como do Rodoanel.

“Cada vez mais se faz presente na implantação de um empreendimento alguns fatores determinantes para atender às necessidades básicas de custos das empresas”, conta Nelson Nersessian, diretor da Nerplan. Um deles é estar localizado em uma cidade próxima a São Paulo, com baixo custo de IPTU. Outro é a segurança, garantida pelo controle de acesso do condomínio.

Estrutura

A partir da necessidade do investidor, foram desenvolvidos os projetos iniciais de arquitetura e seus acabamentos, estrutura em pré-moldado e os projetos específicos de elétrica, hidráulica e ar condicionado.

No que tange à arquitetura, foi projetada uma fachada moderna em alumínio composto (ACM). “Seus caixilhos com vidros reflexivos realçam não só o prédio como também oferecem grande iluminação, tornando a recepção e os dois andares de mezaninos ambientes muito agradáveis”, explica Nersessian.

Outro diferencial é a área de subsolo, com paredes revestidas com porcelanato branco de 20 x 60 cm – a exemplo de edifícios residenciais de alto padrão em São Paulo –, que comporta mais de 20 automóveis, além das vagas externas, contendo, ainda, banheiro de serviços e lavanderia.

Na área de galpão há uma doca e uma rampa para acesso interno através de qualquer veículo, como peruas, vans, empilhadeiras e carrinhos. O pé direito tem 12 metros, com sobrecarga de 4/5 toneladas por metro quadrado com largura de 22 e 24 metros. Nersessian diz que com a retomada do crescimento econômico e conforme a necessidade de quem for se instalar, é imprescindível ter espaço e volume disponíveis, por isso o pé direito tem 12 metros. No entanto, se não for utilizado em sua totalidade, permite uma excelente área muito bem ventilada.

“Para o fechamento lateral e pleno do galpão ao longo de toda a altura, foram concebidos painéis alveolares maciços que vedam totalmente contra sujeita, poluição e furtos, possibilitando, devido à espessura de 16 cm, excelente condição térmica, garantindo uma temperatura amena em seu interior”, descreve. Existe uma abertura em linha contínua no interior de galpão que faz com que o ar frio entre através dela e o ar quente saia pela cobertura.

No primeiro mezanino há um setor voltado a pesquisa, laboratório e/ou desenvolvimento. Este pavimento possui uma sobrecarga de uma tonelada por metro quadrado e tem uma ampla visibilidade para o galpão. Seu piso, a exemplo de todo o pavimento, é de porcelanato cinza claro. Os banheiros e a área de refeitório possuem porcelanatos brancos nas paredes, piso em porcelanato cinza claro e bancadas em granitos pretos ou brancos.

O segundo mezanino, com sobrecarga de 500 quilos por metro quadrado, pode abrigar escritórios ou o que for necessário.

Possui local para coffee break e banheiros para a diretoria, também dando visibilidade às áreas de produção e estocagem. Outro destaque é o terraço, voltado para o lazer dos colaboradores ou eventos tipo happy hour.

Sobre a parte hidráulica, além de 32.000 litros para as caixas de incêndio, foi reservado mais 30.000 litros para casos de falta de água. Todos os metais e louças são da DECA.

Já o projeto e a instalação elétrica apresentam quadros de primeira geração e, se for preciso maior carga, o prédio dispõe de infraestrutura apropriada para a instalação de um gerador. Conta, ainda, com rodapés técnicos que permitem tomadas de energia, lógica e telefonia. A iluminação é toda de LED.

De acordo com Nersessian, o desenvolvimento dos projetos, sua aprovação, construção efetiva e conquista do Habite-se demandaram 15 meses. “Hoje, podemos afirmar que se trata de um prédio de primeira qualidade, um dos melhores do Condomínio San José. Além disso, as despesas com condomínio e IPTU são baixíssimas, tornando-o extremamente atraente para o locador”, finaliza, ressaltando que o edifício está aberto à visitação.

Tel: (11) 99406-9903

Deixe seu comentário