Santa Casa de Porto Alegre receberá R$ 1 milhão/mês para redução do déficit com o SUS

394
Gilberto Occhi (Ministro da Saúde), Alfredo Englert (provedor da Santa Casa), Nelson Marchezan Junior (prefeito de Porto Alegre), Julio Matos (diretor geral da Santa Casa) e Erno Harzheim (secretário de Saúde de Porto Alegre). Foto: Alexandre Fritsch

Ocorreu na manhã da sexta-feira (26), na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS), encontro entre os dirigentes da instituição com o Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, acompanhado do Secretário de Atenção à Saúde, Francisco Figueiredo, para uma reunião de trabalho conjunta com o Gestor Municipal.

O resultado do encontro foi a definição conclusiva de destinação de R$ 1 milhão/mês para ampliar o custeio SUS na Santa Casa, e, consequentemente, reduzir o déficit que estes atendimentos geram à instituição, com base no plano operativo vigente, devendo o Município sequencialmente desenvolver outras tratativas no seu âmbito com vistas a mesma questão. A primeira parcela deste recurso será efetivada no mês de dezembro.

A Santa Casa de Porto Alegre realiza mais de seis milhões de procedimentos em saúde por ano, sendo mais de 60% deste volume direcionado a usuários do Sistema Único de Saúde, conforme a legislação da filantropia. Somente no ano passado, o déficit com o SUS na Santa Casa ficou em R$ 145 milhões e, neste ano, já são mais de R$ 100 milhões de déficit.

Deixe seu comentário