4 maneiras de profissionais da saúde se manterem atualizados na era digital

É de conhecimento geral que especialistas da área da saúde estão o tempo todo estudando para aprimorarem e atualizarem conhecimentos. Com o surgimento constante de novas doenças, tratamentos e tecnologias esse processo é ainda mais necessário. De acordo com estudo realizado pela Universidade de Padova, na Itália, e Universidade de Duke, nos Estados Unidos, divulgado em 2021, analisando os surtos de doenças que ocorreram desde o século 17, a probabilidade de surgir uma pandemia de impacto parecido com a de Covid-19 no futuro é de 2% ao ano. O levantamento registrou o surgimento de 476 epidemias nos últimos 400 anos, sem incluir as que ainda estão ocorrendo como malária e HIV.

Assim, neste cenário, é de grande importância a troca intensa de informações e estudos entre os especialistas da saúde. Pensando nisso, André Brandão, CEO da Medictalks, plataforma que oferece conteúdos médicos exclusivos e gratuitos para que os profissionais da área da saúde possam adquirir mais conhecimentos científicos, listou quatro maneiras de especialistas se manterem atualizados sobre as novidades da área. A healthtech contribui com a democratização de informações por meio de artigos, videoaulas e cursos certificados.

Confira as maneiras:

1 – Realizar cursos

Por meio de cursos, médicos acessam conteúdos de forma aprofundada e em maior quantidade. “Em cada aula são trazidos recortes de grandes universos e, portanto, possibilitam que se construa um conhecimento direcionado e que segue uma linha de raciocínio. São uma excelente dica para se mergulhar de cabeça em um novo conhecimento”, diz Brandão.

2 – Participar de eventos

Os eventos tendem a reunir profissionais qualificados e que têm diferentes experiências para compartilhar. De acordo com o CEO da Medictalks, estes seguirão como tendência. “Com a chegada da pandemia de Coronavírus tivemos a potencialização dos eventos online, mostrando que devem ser adotados como recurso para acessar novos insights de maneira precisa, ágil e atual. Quanto mais diversidade técnica nos eventos, melhor”, afirma.

3 – Consumir conteúdo confiável e de qualidade

Com a facilidade de acesso à internet, aumentaram as possibilidades de consumir conteúdo, porém, apesar de ser importante estar sempre atualizado, é essencial buscar por fontes confiáveis e de qualidade. “Seja por meio de vídeos, artigos, reportagens ou outro meio, principalmente quando o assunto é saúde, é preciso ter certeza que não se trata de fake news. Saber de onde consumir conteúdo é tão importante quanto o que será aprendido”, informa Brandão.

4 – Participar de discussões com especialistas

Segundo o CEO da Medictalks, a troca de conhecimento entre os profissionais é essencial para se chegar a novos e melhores caminhos. “Manter uma rede de relacionamento com outros médicos possibilita o conhecimento sobre casos clínicos, tratamentos, entre outras vantagens. Duas ou mais cabeças pensam melhor que uma”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.