ABIMO promove VII Encontro dos Associados e nona edição do Prêmio Inova Saúde

O VII Encontro Anual de Associados da ABIMO, evento realizado em 12 de abril, no topo do prédio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), reuniu empresários e líderes do setor de saúde brasileiro em um jantar de confraternização consolidado como palco para a troca de ideias e conhecimentos nos segmentos médico-hospitalar e odontológico. Durante o encontro também foi realizada a nona edição do Prêmio Inova Saúde, iniciativa criada para impulsionar a inovação do setor.

Em seu discurso de abertura, Ruy Baumer, presidente do SINAEMO, enfatizou o atual cenário político brasileiro como representação das inúmeras batalhas enfrentadas pelo setor de saúde. “Nossos desafios serão ainda maiores neste ano eleitoral. Seguimos com a crescente inadimplência, os atrasos nos pagamentos, e o custo financeiro que, apesar da queda da inflação, continua subindo”, declarou ao relatar que este cenário penaliza as pequenas e médias empresas.

O encontro, momento propício para fomento da cadeia produtiva, contou com a ilustre participação da senadora Ana Amélia de Lemos, como enfatizou Baumer. “Não posso deixar de agradecer a presença da senadora que em toda sua atuação no Senado Federal lembra do setor de saúde, das entidades e, principalmente, dos interesses da população. Nossa intenção é conseguir esse mesmo compromisso com outros candidatos”, disse ao homenagear a convidada e citar a criação da Frente Parlamentar da Saúde Virtual, um caminho para que todos recebam o posicionamento das entidades sobre cada um dos assuntos que afeta a cadeia de saúde.

Em seu pronunciamento, Ana Amélia agradeceu o convite e parabenizou o discurso de Baumer, adjetivando-o como curto e provocante. “Eu não prometi nada para a saúde do Brasil, mas o que eu ofereci foi muito mais do que eu pensava em fazer. Temos pessoas extraordinárias no Senado, pessoas sérias, bem-intencionadas e comprometidas. Lamento, profundamente, que o cenário não seja alentador. Sempre fui otimista, mas quando olhamos uma reforma eleitoral feita para manter tudo do jeito que está, fico desalentada”, declarou. Motivando a união não só do empresariado, mas de toda a sociedade, a senadora enfatizou que “só vamos mudar este cenário se tivermos cuidado e responsabilidade na eleição deste ano, fazendo escolhas corretas para o futuro do país”.

Concordando com o posicionamento de Ana Amélia, Franco Pallamolla, presidente da ABIMO, subiu ao palco para encerrar a cerimônia e enfatizou a importância do segundo semestre na política brasileira. “Precisaremos pensar para não cometer erros. Teremos situações difíceis pela frente, não temos um horizonte azul, mas sim um cenário nebuloso. O setor produtivo privado tem feito a parte dele visando retomar a paz, as atividades e voltar a produzir para que, em 2019, consiga virar essa página”.

Falando sobre inovação em referência à cerimônia da nona edição do Prêmio Inova Saúde, Baumer declarou que o país também deveria ter uma categoria de inovação em estratégias de negócios. “Posso citar dois exemplos que fazem parte de nossas metas: a competição do produto nacional que é tributado em até 45%, contra a isenção do produto importado; e a prioridade de exportação, na qual a ABIMO tem um excelente programa com a Apex-Brasil de capacitação das empresas”.

Excelente oportunidade para os participantes ampliarem suas redes de relacionamento, o VII Encontro Anual de Associados da ABIMO também recebeu outras diversas autoridades do setor como Francisco de Assis Figueiredo, secretário de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde; Wilson Pollara, secretário municipal de Saúde de São Paulo; Renato Alencar e Gabrielle Cunha Barbosa, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária); Carlos Amorim, Ricardo Fragoso e Roberto Silva Santos, da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas); Gabriel Isaacsson, da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos); Marcos Jenay Capez, do CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo); Wilson Chediek, da APCD (Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas); Sílvio Cecchetto, da ABCD (Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas); Carlos Alberto Goulart, da ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos); Bruno Boldrin, da ABRAIDI (Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Implantes); e Yussif Ali Mere Jr, do Sindhosp (Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Laboratórios e Demais Estabelecimentos de Saúde do Estado de São Paulo).

Hi Technologies recebe Prêmio Inova Saúde na categoria Médico-Hospitalar

Com inovação e tecnologia caminhando lado a lado, a Hi Technologies foi a grande vencedora da categoria Médico-Hospitalar da nona edição do Prêmio Inova Saúde, iniciativa que reconhece e incentiva ações de inovação aplicadas a produtos e serviços. Ao apresentar o Hilab, uma plataforma online de exames laboratoriais rápidos e remotos que agrega tecnologias de ponta como inteligência artificial, internet das coisas e armazenamento na nuvem, a marca abraça o conceito da indústria 4.0 que vem balizando todas as inovações do setor.

Para Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da ABIMO, o Prêmio Inova Saúde tem, como propósito, compartilhar as conquistas e os progressos da indústria nacional. “Também pretendemos inspirar e incentivar todas as companhias a investirem em novas tecnologias, produtos e serviços”, disse em seu discurso de abertura.

“A inovação, no caso da Hi Technologies, é tudo para a nossa empresa. Começamos na universidade, sem um real no bolso, sem equipe, sem estrutura e sem experiência. Não tínhamos como competir no mercado da saúde, que é um dos mais acirrados. O que a gente abraçou foi a nossa capacidade de inovar e de criar coisas diferentes. Desde o primeiro dia até hoje, a gente sempre apostou tudo em inovação, que é o que nos diferencia no mercado”, declarou Marcos Figueiredo, representando a empresa vencedora que recebeu, como prêmio, R$ 50 mil.

A proposta da Hi Technologies com o Hilab está em tornar o processo de realização de exames laboratoriais muito mais rápido. Ao englobar grandes avanços tecnológicos como internet das coisas, inteligência artificial e armazenamento na nuvem em um dispositivo portátil que cabe na palma da mão, a marca obtém os resultados em poucos minutos sem perder a segurança já padrão dos exames convencionais. Desta forma, apenas uma gota de sangue é suficiente para identificação de BhCG, HIV, Dengue e muitos outros exames. Na sequência da coleta, a equipe de biomédicos instalada no laboratório faz a análise e envia o laudo em apenas alguns minutos.

Toda a inovação que pode ser apreciada durante esta edição do Prêmio Inova Saúde é reflexo de uma cadeia produtiva que, mesmo diante de cenários não tão otimistas, segue cumprindo seu papel perante a sociedade e a economia brasileiras. “A inovação é a alavanca fundamental que dará perenidade às nossas empresas. Vivemos uma época de transformação e o impacto das plataformas digitais é avassalador”, mencionou Franco Pallamolla, presidente da ABIMO, em seu discurso de encerramento focado em destacar quão importantes são as empresas inovadoras para o progresso do país. “Esse é o esforço que nossas entidades têm perseguido, o de trazer o tema à tona e fazer com que cada um encontre um espaço na agenda para refletir e debater a inovação, que é a chave do sucesso”.

Para Figueiredo, a iniciativa da ABIMO é extremamente válida. “A inovação é, talvez, o único caminho para vencermos os desafios da saúde brasileira. Vivemos em um mundo com alta prioridade infantil e materna, com foco em doenças infecciosas e crônicas. E o sistema de saúde, que está gastando cada vez mais, não consegue atender às pessoas do jeito correto. Somente com inovação e novas tecnologias conseguiremos vencer essa grande guerra para levar saúde para todo mundo”, finalizou.

Finalistas da categoria Médico-Hospitalar – Contribuindo para a elevação do patamar tecnológico aplicado à saúde humana, os cinco finalistas da categoria Médico-Hospitalar apresentaram soluções diversificadas para os diferentes campos do setor. A Braile Biomédica apresentou a VIVERE, uma prótese valvular biológica de pericárdio bovino que oferece maior durabilidade para aumento da qualidade e expectativa de vida de pacientes com doenças valvar cardíacas.

Já a Guepardo entrou com o case gProxy e gLaudos, soluções de baixo custo e alto poder tecnológico para expansão da telerradiologia em países em desenvolvimento. Também finalista, a Anestech apresentou a AxReg, solução que melhora a documentação anestésica permitindo a análise de dados em tempo real e melhora a gestão de segurança dos pacientes; e a Biotecno apresentou a Smart Thermal Box, câmara portátil para transporte e conservação de órgãos e vacinas.

O criador do Prêmio Inova Saúde, doutor Luiz Calistro Balestrassi, e os presidentes da ABIMO e do SINAEMO, Franco Pallamolla e Ruy Baumer, se responsabilizaram pela entrega das placas de homenagem e do prêmio aos finalistas da categoria Médico-Hospitalar.

DSP Biomedical recebe Prêmio Inova Saúde na categoria Odontologia

A categoria Odontológica da nona edição do Prêmio Inova Saúde foi vencida pela DSP Biomedical, empresa que desenvolveu um kit específico e inovador para aplicação de tecnologias revolucionárias na odontologia brasileira. Pioneira no cenário nacional, a vencedora da premiação oferece um kit para cirurgias buco-maxilo faciais e de implantodontia, trazendo ainda mais otimização em processos minimamente invasivos.

Abrindo a cerimônia, Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da ABIMO, enfatizou a importância da inovação. “Nesta noite de premiação reconhecemos os esforços de empresas que estão determinadas a inovar no Brasil. Criamos este prêmio com o objetivo de estimular a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias, aumentando o nível tecnológico da indústria brasileira em benefício da saúde humana”, disse ao enfatizar que incentivar a indústria nacional, independentemente de seu tamanho ou de sua área de atuação, favorece o país e, também, toda a sociedade.

“Nós acreditamos que inovar é fundamental para um posicionamento mais competitivo da empresa no mercado nacional e, também, no internacional. Partilhamos da ideia de que inovar é construir uma marca responsável e comprometida com a vida”, declarou Ricardo Toscano, diretor científico da DSP Biomedical, que, ao se consagrar a vencedora do Inova Saúde 2018, recebeu uma premiação no valor de R$ 50 mil.

Utilizando ferramentas da indústria 4.0, a marca alimenta a real essência da inovação ao permitir a aplicação destas tecnologias extremamente modernas no campo da odontologia. Modalidade de cirurgia assistida por computador, a cirurgia navegada consiste na visualização imediata da anatomia real do paciente aliada a imagens 3D adquiridas em tomografias computadorizadas exibidas em um monitor. Com atualização em tempo real por rastreadores de movimentos instalados nos instrumentais cirúrgicos, o kit auxilia o cirurgião na instrumentação e na instalação de implantes com precisão. Seguindo o planejamento pré-operatório, evita danos às estruturas críticas e reduz a manipulação de tecidos moles, o que reflete em menor morbidade pós-operatória.

Em agradecimento à atuação da ABIMO frente à odontologia brasileira, Toscano enfatizou a preocupação da entidade em garantir que todos seus associados estejam integrados aos conceitos da nova revolução industrial. “Reconhecendo, apoiando e instigando as empresas a investir em inovação, a ABIMO estabelece uma conexão imediata com a indústria 4.0 ao mesmo tempo em que promove benefícios diretos à humanidade graças à simbiose entre máquina e ser humano, o que conceitua a sociedade 5.0. Com este formato, a associação permanece à frente dos movimentos globais mais contemporâneos, representando nossa classe por meio de serviços revolucionários”, declara.

“O mundo globalizado vem cada vez mais da inovação” – A Senadora Ana Amélia de Lemos, presente na cerimônia de premiação, vangloriou a atitude da ABIMO em incentivar a inovação no setor de saúde. “Tão importante quanto inovar é reconhecer, destacar, com prêmios, os esforços coletivo e individual de empresas da área médico-hospitalar e de odontologia. São empresas extraordinárias, pessoas que tiveram criatividade e talento, confiaram em suas oportunidades e ousaram. O mundo globalizado vem cada vez mais da inovação”, declarou.

“Quando a gente reconhece aquilo que foi feito de melhor, é o momento da gratidão, que contribui e estimula as outras pessoas e os outros grupos a fazerem o mesmo. Inovadores são os que têm ousadia de enfrentar”, finalizou.

Finalistas da categoria Odontologia – O setor odontológico brasileiro, tão reconhecido no mundo, ganha novas inovações que puderam ser conhecidas na noite desta quinta-feira. Também indicada como finalista desta edição do Prêmio Inova Saúde, a Cyon oferece um consultório odontológico multiprofissional de lateralidade, modelo que promove qualidade, eficiência, conforto e segurança somados a praticidade e redução de custos na odontologia. A Olsen também foi homenageada com sua Unidade Odontológica Transportável, equipamento portátil simples, porém completo e versátil, originalmente concebido para uso das Forças Armadas por proporcionar atendimento sem restrições técnicas.

Já a Nacional Ossos apresentou, como case, um manequim pré-molar com gengiva TRUE, solução de modelo artificial com grande proximidade ao real para prática profissional sem risco de contaminação e com respeito à bioética; e a DSP Science Training Center inovou com o Kit Tachinha para regeneração tecidual para reconstrução oral.

Idealizador da premiação, o doutor Luiz Calistro Balestrassi esteve no palco ao lado de Franco Pallamolla e Ruy Baumer, respectivamente presidentes da ABIMO e do SINAEMO, para a entrega das placas de homenagem aos finalistas e da premiação ao grande vencedor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.