Com avanço da vacinação contra Covid-19, Uberlândia registra queda na internação de idosos

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde / PMU

Há seis meses nesta segunda-feira (19), quando a Prefeitura de Uberlândia (MG) aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade, o trabalho das equipes de imunização tem sido contínuo e crescente. A gestão municipal tem se esforçado para alcançar o maior número possível de pessoas imunizadas, além de atuar junto às esferas estadual e federal no intuito de que o processo seja ampliado e agilizado. Com todo o trabalho desenvolvido desde 19 de janeiro, os reflexos positivos da imunização já podem ser verificados. Conforme levantamento da Vigilância Epidemiológica municipal, houve redução das taxas de internação e de mortalidade nos idosos.

Em janeiro, a taxa de internação dos idosos acima de 60 anos representava 51%. Com o avanço da imunização na cidade e a finalização do esquema vacinal na maior parte das pessoas dentro desta faixa etária, a taxa reduziu mais da metade, representando 16%. Em relação aos óbitos nos idosos acima de 60 anos, a queda também é expressiva. Em janeiro, 76% das mortes eram de pessoas desta faixa etária e, hoje, esse índice é de 36%.

“A redução tão considerável nas taxas de internação e dos óbitos nos idosos nos mostra que a vacina é a melhor aliada para vencermos a pandemia. Os idosos compareceram em peso às convocações, independentemente da vacina disponibilizada. Portanto, o resultado da consciência deles e do nosso trabalho em levar a vacinação a todos estamos vendo agora: são menos idosos internados e óbitos. Vacina é a nossa única solução e seguiremos trabalhando diariamente para que todas sejam imunizados”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Atualmente, o município já contabiliza mais de 400 mil doses aplicadas. Deste quantitativo, 99.854 são idosos ao menos com a primeira dose. Para a coordenadora do Programa de Imunização, Claubia Oliveira, a redução das taxas é a comprovação da eficácia da vacinação. “Todos os imunizantes são aprovados pela Anvisa e passaram por rigorosos testes para comprovar sua eficácia e seu perfil de segurança. Boa parte dos idosos receberam a vacina do laboratório Butantan (CoronaVac) e hoje podemos percebem o quanto foi importante no impacto para a sociedade, principalmente nos idosos. Isso mostra que vacina boa, é vacina no braço”, finalizou.

Estrutura vacinação

Para garantir que a vacinação continue de forma acelerada na cidade, a Prefeitura de Uberlândia oferece ampla estrutura e profissionais capacitados. Os pontos de vacinação foram montados na Arena Sabiazinho e em dois ginásios dentro do Uberlândia Tênis Clube (UTC), possibilitando o agendamento de mais de seis mil pessoas por dia. Dependendo da quantidade de doses enviadas, também é possível ampliar a vacinação com o esquema de drive-thru, no Centro Administrativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.