Comodidades em hemodiálise aliam produtividade e conforto do paciente no tempo de tratamento

374

A hemodiálise, tratamento que consiste basicamente em filtrar impurezas do sangue, é realizada quando os rins do indivíduo não são mais suficientes para exercer a função de filtragem. O processo transporta o sangue para o aparelho dialisador e o devolve limpo para o corpo.

As sessões de hemodiálise diurnas duram de duas a quatro horas. Durante este período, porém, o paciente tem a opção de aproveitar o tempo com atividades diversas, que podem entretê-lo ou fornecer mais conforto a si mesmo e ao acompanhante.

O Hospital Santa Catarina, de São Paulo (SP), possui uma estrutura acolhedora para as sessões de diálise. Com modelo individualizado, a instituição oferece boxes 100% privativos com cama-leito, televisão, Wi-Fi e comodidade total para o acompanhante.

A Dra. Maristela Carvalho da Costa, responsável pelo serviço de Nefrologia do Hospital Santa Catarina, afirma que existem pacientes que trazem algumas de suas rotinas para dentro das sessões, sem impactar no cotidiano e trabalho.

“Um dos nossos principais objetivos, além da excelência no tratamento, é proporcionar ao paciente dialítico um ambiente acolhedor e humanizado, de forma que permaneça próximo à sua família, mantenha suas rotinas de trabalho e possa desfrutar de entretenimento. Com isso, a sensação é que o tempo passa mais rápido”, comenta.

A estrutura do espaço foi construída após investimento de R$ 3,7 milhões do hospital localizado na Avenida Paulista.

Deixe seu comentário