Covid-19: Custo médio de diária em UTI em hospital de campanha foi R$ 3.365

Em 2020, levantamento realizado nos hospitais de campanha da amostra do banco de dados da Planisa, especialista em soluções de gestão de saúde, mostrou que o custo mediano de internação foi de R$ 3.365 para pacientes em UTI e R$ 1.568 para pacientes em leitos não críticos. Quando a análise envolve hospitais geridos por OSS’s (Organizações Sociais de Saúde), por exemplo, a média de custo da diária de uma internação em UTI para pacientes com Covid-19, em 75% dos hospitais da amostra, foi de até R$ 2.647 e, em 50%, de até R$ 2.100.

Em hospitais privados sem fins lucrativos, os custos médios foram de até R$ 1.656 em 75% das unidades e até R$ 1.315 em 50%. Nos custos de internação nas UTIs para pacientes com Covid-19 estão incluídos os custos de toda estrutura e os custos dos honorários médicos, mas não estão incluídos os custos com materiais e medicamentos e dos exames realizados nestas unidades, afirma Maria Beatriz Nunes, gerente técnica e responsável pelo Painel de Indicadores na Planisa.

Semestralmente, a Planisa divulga o boletim de indicadores de custos com a participação de mais de cem hospitais brasileiros. “Com os casos de Covid-19 em crescimento e uma nova variante do vírus em circulação, achamos importante a inclusão dos custos das unidades de internação e de UTI abertas nas unidades hospitalares para atendimento destes pacientes e dos hospitais de campanha no boletim referente ao ano de 2020, uma vez que estes estão sendo reabertos para desafogar as unidades hospitalares”, salienta Maria Beatriz.

No boletim de indicadores de custos de hospitais brasileiros, referente ao ano de 2020, há ainda informações relacionadas às internações gerais em leitos não críticos e de UTI (Adulto, Pediátrico e Neonatal); custo/hora da utilização de sala cirúrgica; dos pacientes atendidos em Pronto-Atendimento/Pronto-Socorro; número de cirurgias realizadas/sala/dia; número de colaboradores por leito de internação operacional; custo médio unitário de consulta ambulatorial médica, de exames de raios X, além dos custos com o serviço de processamento de roupas e de refeições diárias servidas aos pacientes. O material pode ser visto no link planisa.com.br/site/wp-content/uploads/2021/02/indicadores-com-figuras-2020.pdf.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.