Famesp forma 3ª turma de Residência Médica em cerimônia em Bauru

O médico preceptor Taylor Endrigo Toscano Olivo (à esquerda) com residentes no Hospital Estadual de Bauru

Nesta sexta-feira (2), acontece a cerimônia de encerramento da 3ª Turma de Residência Médica da Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar). Ao todo, 12 médicos receberão o certificado do programa, que tem duração de dois anos. O evento será realizado no Buffet Comissaria (Rua Agenor Meira, quadra 11), a partir das 19h, com a presença da diretoria da Fundação e de médicos preceptores dos residentes.

Implantado em 2014, o programa próprio de Residência da Famesp tem atraído para a cidade de Bauru (SP) médicos de todas as regiões do país. Da turma que se forma agora, por exemplo, há profissionais procedentes de estados como Amazonas, Ceará, Minas Gerais e Tocantins. Incluindo essa turma, a Famesp já certificou 33 médicos residentes nas áreas básicas de Cirurgia Geral, Clínica Médica e Pediatria. Os médicos atuam em unidades como o Hospital de Base de Bauru, Hospital Estadual e Maternidade Santa Isabel, todos sob gestão da Famesp.

Para este ano, a Famesp ofertou mais 12 vagas para o programa que terá início a partir do dia 1º de março (quatro vagas de Clínica Médica, três para a Cirurgia Geral e cinco de Pediatria).

A Famesp também oferece campo de ensino para residentes de programas de outras instituições, e hoje tem se destacado em Bauru e região como a instituição que mais abre portas para que estudantes vivenciem a rotina de assistência em serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

Novo programa

Para 2019, a Famesp deve completar o seu programa de Residência Médica em áreas básicas com a especialidade de Ginecologia e Obstetrícia. O novo programa já está em fase de cadastramento na Comissão Nacional de Residência Médica.

“Das áreas básicas só faltava a especialidade de Ginecologia e Obstetrícia para o nosso programa de Residência Médica. E isso acontecerá com previsão de início para 2019”, conta o presidente da Famesp, Antonio Rugolo Jr. “Temos orgulho de saber que os equipamentos de saúde sob gestão da Famesp vêm se consolidando como escolas para médicos e tantos outros profissionais de áreas complementares na assistência à saúde. Assim cumprimos uma das missões-fim da Fundação, que é o desenvolvimento médico e hospitalar”, conclui Rugolo Jr.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.