Fundação Dom Cabral e Instituto SAB promovem Programa Basis II no Nordeste

Crédito: João Dantas/CIPÓ – Comunicação Interativa

O projeto é idealizado pela Fundação Dom Cabral, uma escola de negócios que tem unidades localizadas em diversos estados brasileiros e foi considerada a 10ª melhor do mundo de acordo com o ranking de educação executiva do renomado jornal inglês Financial Times, e tem como sponsor o Instituto SAB, uma organização sem fins lucrativos que trabalha de maneira assistencial utilizando recursos próprios para gerir um fundo filantrópico e patrimonial, que abraça causas que tenham impacto social na saúde e bem-estar da população em todos os seus ciclos de vida.

O programa selecionará doze iniciativas sociais na área da saúde, dos nove estados da Região Nordeste do país, através de um edital com inscrições gratuitas. No primeiro momento será feito um diagnóstico das participantes para analisar o seu funcionamento e suas necessidades. Em seguida, os seus gestores terão aulas e apoio dos professores para desenvolver seu plano de ação. “Para isso utilizamos a trilha de capacitação que dá suporte em diferentes áreas, na comunicação, nas finanças, na gestão das pessoas e na mobilização dos recursos financeiros, por exemplo”, explica Márcio Rabelo, professor associado da Fundação Dom Cabral.

O Basis tem como finalidade valorizar e ajudar projetos sociais na área da saúde e bem-estar, mesmo que não sejam formalizadas, que impactam na saúde das pessoas de forma abrangente, englobando tudo o que faz diferença na sua qualidade de vida. “Utilizamos a expertise da Fundação Dom Cabral para orientar os gestores dessas organizações em todos os aspectos para que elas possam se desenvolver e se tornar autossuficientes”, conta Aurea Barros, superintendente executiva do Instituto SAB.

Seu edital foi lançado no dia 20 de junho, em um evento que aconteceu na Fundação Casa de Jorge Amado, localizada no coração do Pelourinho, em Salvador, na Bahia, com uma palestra do historiador Leandro Karnal. Após a palestra, aconteceu uma roda de conversa para debater o cenário da saúde na Região Nordeste pós-pandemia com participação do Dr. João Aidar, diretor do Instituto SAB, Dr. Nivaldo Filgueiras Filho, vice-presidente da ABM e conselheiro da SBC, Márcio Didier, gestor da OSID, Sérgio Araújo Rabelo, diretor do Centro Social da FDC e Márcio Rabelo, orientador da FDC. Também aconteceu um mutirão realizado pelas Obras Sociais Irmã Dulce, que foi realizado das 8:00 às 12:00, no Pelourinho e ofereceu à comunidade local exames como medição de glicemia, aferição de pressão e cálculo do índice de massa corporal, IMC.

Essa é a segunda edição do Programa Trilha de Capacitação Basis. A primeira foi realizada na Região Sudeste em 2020 e foi um sucesso. Os programas recrutados na ocasião foram: Instituto Karis – Projeto Allegra, Instituto Tâmaras, Lar APAT – casa de apoio ao transplantado, Mel e derivados apícolas: alimentos naturais, ONG Lua Vermelha, PAE – Projeto Alfabetização Emocional, Pretas Ruas, Projeto Prevenção – Heliópolis investindo na vida, Aquisição de equipamentos e material para confecção de órteses de membro superior e técnica assistiva, Crohn e retocolite: conheça essa realidade, Recicla Feira e Saúde Contato. As iniciativas premiadas foram Lar APAT, Pretas Ruas e Saúde Contato.

Informações: institutosab.org.br/basis

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.