Home Doctor investe em tecnologia para qualidade nos atendimentos domiciliares em larga escala

47

O atendimento domiciliar de saúde, mais conhecido como home care, vem crescendo no país em larga escala e se consolidou como alternativa segura e de custo-benefício vantajoso, principalmente nos últimos meses, com o aumento da demanda em razão da pandemia. Segundo dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do Datasus, o Brasil teve crescimento de 38% no número de empresas de home care nos últimos dois anos. E, com a chegada do novo coronavírus, empresas de Atenção Domiciliar notificaram aumento da procura, contribuindo não apenas para garantir o bem-estar de pacientes de outras enfermidades, como para aumentar a capacidade nacional de leitos.

A Home Doctor, empresa de Atenção Domiciliar, que atende mensalmente a mais de dois mil pacientes em todo o Brasil, já estava preparada para receber o aumento no fluxo de atendimentos durante esse período. Buscando manter a eficiência dos serviços prestados, a empresa, que tem altos padrões de segurança e qualidade em seu DNA, vem investindo em tecnologia e contratou a Radix para implantar um novo sistema de gestão operacional.

Especializada em tecnologia e engenharia, a Radix criou uma solução que engloba toda a cadeia de processos da Home Doctor. A ferramenta faz um gerenciamento completo de cada paciente, desde a sua entrada. A solução engloba a gestão de SAC, registro das prescrições, agendamento dos atendimentos de profissionais, registro das evoluções do quadro clínico e entregas dos medicamentos, dietas, materiais e equipamentos por meio da troca de informações com o sistema de controle de estoque.

O sistema, com usabilidade simples e intuitiva, inclui ainda gestão administrativa e comercial, possibilitando a comparação de tudo que foi orçado versus o que foi efetivamente realizado e a organização das informações de modo a facilitar auditorias. Por ser uma aplicação web, pode ser acessado de qualquer computador e lugar.

“Em maio, começamos a implantar a plataforma em Recife e com a pandemia e o rápido crescimento de demanda, foi logo estendido a Brasília e em breve, chegará a outras cidades”, explica Marcela Ximendes, gerente do projeto na Radix.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

um + 6 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.