Hospital Estadual Materno-Infantil inicia Semana da Prematuridade

O Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), de Goiânia (GO), iniciou na segunda-feira (12) mais uma edição da Semana da Prematuridade. A fim de discutir sobre o nascimento de bebês antes da 37ª semana de gestação, que correspondeu a 65% dos partos realizados na unidade de janeiro a setembro deste ano, o evento foi aberto com uma palestra sobre o panorama da prematuridade, apresentada pela obstetra Luiza Emylce Rosado. Segundo a profissional, “em 50% dos casos, não há fator de risco que indique a prematuridade. Porém, é possível evitar”. Com a temática “Somos Super Amigos: Equipe + Bebê Prematuro + Família”, a programação segue até sábado (17).

Em seguida, a presidente da Comissão de Óbitos do HMI, Priscila Rodrigues, apresentou dados sobre a mortalidade de prematuros na unidade. “A taxa de mortalidade neonatal do HMI é de 6,58%, devido ao perfil de atendimento da unidade, que é focado em gestação de alto risco e malformações congênitas”, destacou. Complementando a palestra anterior, a infectologista Cláudia Rodrigues detalhou as possíveis infecções que podem agravar ainda o quadro desses bebês, uma vez que ficam internados em unidades neonatais.

Programação – Na terça-feira (13), às 9h, a equipe da Psicologia do hospital realizará uma dinâmica com contação de histórias de mães que estão com seus bebês internados nas unidades neonatais do HMI. Durante todo a quarta-feira (14) haverá uma exposição de cartinhas escritas pelos familiares de prematuros, contando suas histórias sobre o período de internação dos bebês, acompanhadas de fotos. A dinâmica “Vivência dos Sentidos” será realizada na quinta-feira (15), às 14h, na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) e Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neo) do HMI, para que os profissionais compreendam como o bebê prematuro se sente com os inúmeros estímulos que são lançados no ambiente. Serão pautados os cinco sentidos – audição, visão, olfato, tato e paladar – e, ao final, será discutido sobre a experiência vivida.

Na sexta-feira (16), as profissionais – também conhecidas como super-heroínas – receberão cuidados estéticos no “Centro de Beleza da Mulher Maravilha”, durante a manhã. Paralelamente, haverá a “Fábrica de Super-Heróis”, em que os bebês internados nas unidades neonatais do HMI serão fotografados com capas de super-heróis. Ao longo de toda a semana, os participantes ainda assistirão a apresentações musicais e lúdicas. No último dia, sábado (17), às 10h30, será realizado um abraço simbólico ao redor do HMI com a participação do super-time formado pelas equipes assistencial e de apoio, colaboradores, mães e ex-prematuros, Missão Sorriso, Projeto Bebê Canguru e de super-amigos que apoiam o HMI. A ação será animada pelo repertório musical da Fanfarra Banda Triunfo, da Polícia Militar Mirim. Na ocasião, todos estarão com camisetas personalizadas da Semana da Prematuridade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.