Hospital Leforte Liberdade se une ao Ring The Bell

1069

Na sexta-feira (13), o Grupo Leforte, de São Paulo, deu mais um passo importante no sentido de promover a humanização do tratamento e a qualidade de vida de pacientes com câncer. A instituição oficializou uma parceria com a ONG Ring the Bell e, pela primeira vez, acionou um sino localizado no departamento de radioterapia da unidade Liberdade, para celebrar o término do ciclo de terapia de uma de suas pacientes.

A partir de agora, o sino avisará a todos sempre que um novo ciclo de tratamento terminar, como forma de celebrar a vitória na luta contra a doença. Na cerimônia desta sexta, a paciente Elisabeth Peres Mourão, de 63 anos, esteve ao lado de seus familiares e dos profissionais que a acompanharam durante o tratamento de um câncer de olho.

“Badalar essse sino significa celebrar a vida. Você passou por grandes desafios e venceu. Neste momento, celebre mais um ciclo e toque este sino com orgulho para anunciar o recomeço. Siga firme com amor e gratidão nesta nova caminhada”. Com essas palavras, Elisabeth celebrou o significado dessa conquista e logo em seguida tocou o sino. O objetivo desta ação é motivar os demais pacientes a persistirem no tratamento e a frase da paciente foi gravada em uma placa comemorativa.

“O Hospital Leforte conta com serviços em oncologia de primeira linha. Temos equipamentos modernos que proporcionam cada vez menos efeitos colaterais em nossos pacientes. Estamos muito satisfeitos em sermos reconhecidos por uma instituição como o Ring The Bell. Isso vai de encontro a um de nossos princípios: que é a humanização de nosso atendimento e tratamento”, disse o Dr. Daniel Grabarz, coordenador do serviço de Radiologia do Leforte.

A cerimônia do sino teve origem nos Estados Unidos, no Hospital MD Anderson Cancer Center. O objeto foi doado por um paciente e até hoje as pessoas tocam o sino ao término da radioterapia, para comemorar o final deste tratamento.