Hospital Nossa Senhora da Conceição aprimora cuidados e dissemina experiências humanizadas na maternidade

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão (SC), aprimorou os cuidados e as práticas humanizadas em sua maternidade com o projeto ‘Maternidade Segura’, que inclui outras quatro unidades da Rede Santa Catarina. O foco foi buscar a redução de eventos adversos decorrentes da assistência, como admissão materna em UTI e hipotermia neonatal, e aumentar em 50% a adesão às práticas humanizadas, como o estimulo a amamentação e permitir que o bebê fique a primeira hora de vida ao lado da mãe (hora de ouro).

De acordo com a gerente de Qualidade e Segurança do Paciente da Rede Santa Catarina, Daniela Menezes, o objetivo do projeto foi aprimorar as boas práticas já existentes nas unidades e organizá-las de forma ainda mais eficiente, por meio de estratégias para melhorar a qualidade do cuidado e a segurança dos pacientes.

“Mesmo com a pandemia, nossa equipe continuou motivada e passou a contar com sessões de aprendizado online, com o objetivo de capacitar toda a enfermagem. Com a padronização dos protocolos, o engajamento do time, o apoio das lideranças e a medição dos indicadores, as maternidades envolvidas no projeto conseguiram aprimorar os cuidados às mães e aos bebês”, explica Daniela. “Em quase dois anos, reduzimos em 63,2% os eventos adversos e aumentamos em 84,6% a adesão às práticas humanizadas. Nosso projeto teve êxito no redesenho dos protocolos aplicados, garantindo o melhor cuidado para as mães e os bebês”, completa.

Um dos destaques do Hospital Nossa Senhora da Conceição foi a redução da taxa de admissão de recém-nascidos com peso igual ou maior a 2,5 Kg na UTI neonatal, alcançada com a padronização de práticas mais seguras para mãe e bebê. Outra ação implementada na unidade foi a criação de um cinto que “prende” o bebê ao corpo da mãe. Desta forma, além de estimularmos o contato mãe-filho, a iniciativa garantiu a segurança no transporte do neonato.

“Geramos valor em saúde, oferecendo um cuidado ainda mais seguro e humanizado às nossas pacientes e seus bebês e promovemos um ambiente de trabalho mais alegre, com todos trabalhando em união e colaboração”, conclui Daniela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.