Hospital Nove de Julho economiza mais de 1,7 milhão de aventais com iniciativa sustentável

A pandemia da Covid-19 trouxe muitos desafios para pessoas e empresas de todo o mundo. Um deles, foi a gestão de resíduos em um momento de maior geração de lixo. Diante disso, o Hospital Nove de Julho buscou alternativas sustentáveis, entre elas, a implementação de aventais reutilizáveis. O hospital alcançou a marca de 1,7 milhão de aventais descartáveis economizados após dois anos da pandemia – a quantidade representa mais de 60 mil sacos de lixo de 100 litros de resíduos infectantes que seriam encaminhados para tratamento e descarte adequado.

O número foi conquistado após ação sustentável implementada pela área de Governança e Suprimentos do hospital, que identificou, com o início da crise sanitária, uma demanda futura que poderia prejudicar a operação do hospital e optou pela adoção desse EPI reutilizável após processo de higienização em lavanderia hospitalar.

De janeiro a dezembro de 2021, mais de 1.044.000 milhão aventais de tecido com hidro-repelência foram utilizados. O material, usado principalmente pelos colaboradores da assistência direta à pacientes, passa por um processo de impermeabilização para garantir a segurança e permitir o reuso. Todas as etapas do deslocamento da peça são monitoradas pelo time de Governança, já que cada avental possui tecnologia RFID (chip implantado em cada avental), que permite o rastreamento. O coordenador de Governança e Hotelaria do Nove de Julho, Vitor Silva, explica que essa iniciativa é muito importante para um hospital com uma operação de grande porte.

“Tivemos que tomar decisões rápidas após o início da pandemia. Uma delas foi o descarte de matérias hospitalares. Implementamos a iniciativa sustentável a partir do primeiro mês da crise sanitária. Após dois anos, atingimos um número expressivo de equipamentos que evitamos o descarte. Para um hospital como o Nove de Julho, que gera quatro toneladas de resíduos diariamente, uma ação como essa tem um impacto econômico significativo para o hospital e para a natureza”, diz Silva.

De acordo com o diretor do Hospital Nove de Julho, Bruno Alves Pinto, os resultados dessa ação são uma inspiração para novas iniciativas sustentáveis. “A sustentabilidade é uma preocupação constante para nós. Buscamos aprimorar nossos processos a trazer novas alternativas nesse sentido”, conta. Além da adoção dos aventais reutilizáveis, outras ações vêm sendo tomadas nos últimos anos. Hoje, em um processo específico de logística reversa, 90% das embalagens de álcool em gel adquiridas pelo hospital são reaproveitadas e retornam como insumos para a instituição. O Nove de Julho também conta com processos reciclagem em todos os ambientes, com métodos específicos para papelão e filmes de raios X.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.