Hospital Santa Paula adere à campanha mundial da segurança do paciente, instituída pela OMS

511

O Hospital Santa Paula, centro de excelência em saúde da zona sul de São Paulo (SP), adere à campanha mundial da segurança do paciente, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Com o tema “Segurança do paciente: uma prioridade de saúde global”, o objetivo é conscientizar e mobilizar pacientes, profissionais de saúde, formuladores de políticas de saúde, professores, pesquisadores, redes de profissionais e indústria para tornar o cuidado de saúde mais seguro.

De acordo com a Organização Mundial, mais de 100 milhões de eventos adversos são registrados anualmente em ambientes hospitalares de todo o mundo. Diante deste dado, estão focadas na segurança do paciente todas as ações que buscam minimizar erros e ocorrências desfavoráveis no sistema de saúde. Muitas delas são incentivadas pelas certificações e acreditações nas instituições de saúde, que trabalham com padrões de qualidade pré-estabelecidos, reconhecidas por comunidades e sociedades que fomentam a implementação de boas práticas assistenciais.

O Hospital Santa Paula possui acreditações das maiores instituições certificadores do mundo e conquistou certificações de programas clínicos específicos como: Programa de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI) pela JCI em 2014; Distinção na Identificação e Tratamento da Sepse pelo Instituto Qualisa de Gestão (IQG), em parceria com o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), e também validação por meio do programa de Tromboembolismo Venoso (TEV) pelo Instituto Brasileiro de Segurança do Paciente (IBSP).

A campanha mundial está relacionada ao Dia Mundial da Segurança do Paciente, comemorado em 17 de setembro. Além de iluminar os prédios em laranja, cor adotada pela OMS, o hospital também criou ações internas para mobilizar profissionais, pacientes e acompanhantes em prol da principal mensagem da campanha, que é falar de segurança do paciente.