InovaSUS 2019: Pró-Saúde recebe prêmio inédito de gestão do Ministério da Saúde

223

Gerenciado pela Pró-Saúde desde 2012, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, localizado no Pará, foi uma das cinco unidades de saúde premiadas durante a cerimônia do InovaSUS, em Brasília (DF).

A cerimônia marcou a 7° edição do evento, promovido pelo Ministério da Saúde, em reconhecimento aos projetos que contribuem para melhorar o atendimento à população com menor custo e maior eficiência.

O Hospital Metropolitano foi o vencedor da categoria “Gestão Solidária”, com a implantação na unidade do “Primeiro Laboratório de Tecnologia Assistiva Hospitalar de Baixo custo do Brasil”. O trabalho, inédito até então no Brasil, foi inaugurado em junho de 2019, desenvolvendo e inserindo a Tecnologia Assistiva com o objetivo de proporcionar e ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência. O projeto incentiva a independência e inclusão com a produção de próteses de baixo custo e pautadas na sustentabilidade.

As órteses confeccionadas, adaptadas para as atividades diárias, são utilizadas pelos pacientes das unidades de terapia intensiva (UTI), unidades de internação, ambulatório, centro de queimados e pronto atendimento. Os materiais utilizados para a confecção da prótese passam por análise de um terapeuta ocupacional, que também avalia o quadro clínico do paciente e gravidade da patologia.

“Na Pró-Saúde, incentivamos a elaboração de estudos científicos em conjunto com investimentos em tecnologia que permitem melhorar a assistência aos nossos pacientes. Essa percepção que temos do mercado também é uma forma de otimizar custos, sem perder qualidade. Como demostrado por esse reconhecimento do Ministério da Saúde, conseguimos alcançar uma gestão eficiente e auxiliar no restabelecimento da qualidade de vida”, ressalta Miguel Paulo Duarte Neto, diretor Executivo-Geral da Pró-Saúde.

Prêmio bônus do INOVASUS 2019

O InovaSUS é o reconhecimento do Ministério da Saúde para incentivar e premiar as experiências inovadoras no Sistema Único de Saúde (SUS), que trazem melhora de indicadores assistenciais e/ou redução de custos.

Neste ano, outros quatro hospitais públicos foram reconhecidos pelo InovaSUS nas categorias de “Gestão Administrativa”, “Saúde Mental do Trabalhador da Saúde”, “Arquitetura Hospitalar” e “Educação e segurança no trabalho”. Conheça os outros projetos no endereço: bit.ly/2QIaRAP

Os cinco projetos selecionados pelo Ministério da Saúde também concorreram a um prêmio destaque. Entre as cinco unidades, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência foi eleito como a “Melhor Gestão Orçamentária e Financeira”.

“Diante da nossa missão como instituição filantrópica, com mais de 50 anos de experiência na gestão hospitalar, conseguimos consolidar em todos os nossos colaboradores a vontade de participar ativamente da ampliação do acesso à saúde dos brasileiros, com atendimento de qualidade, gestão integrada e com a humanização em nossa assistência”, destacou Rogério Kuntz, diretor Operacional da Pró-Saúde no Pará.

Referência no Norte do Brasil

A equipe de reabilitação do Hospital Metropolitano, unidade mantida pelo Governo do Pará, é formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos. Referência pelo SUS no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte do País, a unidade dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusiva para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.

O Metropolitano recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, de diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

Deixe seu comentário