Novo normal: vacinação e retomada de serviços são destaques em relatório institucional de gestora hospitalar

Em sua mais recente edição do Relatório Institucional, publicado no fim de abril, a Pró-Saúde exaltou o protagonismo da vacinação em 2021, que resultou no controle efetivo da Covid no país.

Mas a entidade filantrópica também destacou momentos dramáticos, quando em abril daquele ano, o Brasil alcançou o pico da de mortes pela doença, o registrar mais de 4.000 vítimas do Coronavírus em um único dia.

Com atuação em doze estados de todas as regiões, onde é responsável pela gestão de 33 unidades de saúde e quatro centros de educação infantil na capital paulista, a Pró-Saúde teve que ampliar em 43% sua capacidade para atender a alta demanda de doentes por Covid.

Para se ter uma ideia, ano passado, segundo seu Relatório Institucional, somente pelo Sistema Único de Saúde, a entidade atendeu mais de 300 mil pacientes por dia.

Entre os serviços com leitos exclusivos para atendimento de pacientes infectados pelo Coronavírus, se destacou o Hospital de Campanha do Hangar, em Belém (PA), considerado uma das estratégias mais importantes no processo de enfrentamento à pandemia no Pará — e Norte do país —, uma vez que a unidade deu apoio aos estados vizinhos no auge da crise.

A gestão da entidade neste serviço teve início em 2021. No ápice dos atendimentos, o Hangar chegou a contar com 420 leitos, dos quais 160 de terapia intensiva. Após 4,9 mil vidas salvas e com o avanço da vacinação e controle da pandemia, a unidade foi encerrada no mês de outubro.

Esse controle proporcionou também a retomada de atividades e atendimentos que haviam sido paralisados, em decorrência da pandemia. É o caso, por exemplo, dos estágios curriculares nas unidades hospitalares, programa de Voluntariado, atendimentos eletivos e até mesmo transplantes.

O desafio de atender mais pacientes foi acompanhado por um resultado que também chamou a atenção entre os executivos da entidade filantrópica.

Mesmo diante da alta nos preços de materiais médicos e da escassez de produtos, a Pró-Saúde conseguiu economizar até 40% na compra de suprimentos para seus clientes. O desempenho foi conquistado a partir de uma estratégia de compra centralizada, em larga escala.

Com a entrada de novas unidades ao seu rol de clientes, além da expansão de leitos, houve um aumento de 33% no volume transacionado área corporativa de Suprimentos, totalizando R$ 136 milhões em aquisições, cerca de R$ 34 milhões a mais que o ano anterior.

Governança 

No Relatório Institucional, a Pró-Saúde também destaca o reconhecimento altamente estratégico para os objetivos da entidade filantrópica: pesquisa realizada pela fundação Dom Cabral, publicada pela revista Época Negócios, da editora Globo, posicionou a Pró-Saúde entre as cinco mais bem sucedidas experiências em governança corporativa na área da saúde.

A entidade avaliou que os processos de governança e integridade fortaleceram a atuação e permitiram superar desafios com segurança e solidez — e citou como evidência dessa percepção o fato de que nenhuma unidade de saúde sob sua responsabilidade enfrentou desabastecimento ou situação de colapso. Todos os pacientes encaminhados para assistência receberam atendimento médico.

“O nível de maturidade da Pró-Saúde foi colocado à prova em uma situação de inigualável pressão. E saímos maiores e mais fortes”, destaca Dom Carmo João Rhoden, presidente da Pró-Saúde.

“Não perdemos nenhum profissional para esta doença, em 2021. E, também, nenhum paciente encaminhado pelos órgãos reguladores ficou desassistido. Mantivemos estoques abastecidos, profissionais qualificados na linha de frente e combatemos a pandemia com a coragem e a convicção de nossa missão, que é cuidar da vida das pessoas”, complementou o presidente.

O Relatório Institucional da Pró-Saúde de 2021 descreve ainda as ações e resultados de todos dos setores da entidade, abordando o perfil organizacional, inteligência em gestão, governança clínica, filantropia, gestão ambiental e desempenho econômico, entre outros, além do reconhecimento de excelência da atuação da entidade, com o descritivo de certificações e acreditações conquistadas ao longo do ano.

O material está disponível para acesso público no link: www.prosaude.org.br/conheca-a-pro-saude/relatorios/relatorio-institucional-2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.