Pacientes com câncer de mama podem ser beneficiadas com queda do veto ao PL da “quimio oral”

Campanha do IVOC está ativa na plataforma Change.org

Pacientes, médicos, institutos e associações ligados à luta contra o câncer estão mobilizados em uma campanha pela aprovação de uma lei que obriga os planos de saúde a cobrir despesas com medicamentos orais contra o câncer, a chamada “quimio oral”. Em uma petição aberta na Change.org, o Instituto Vencer o Câncer (IVOC) já engaja mais de 180 mil assinaturas com o objetivo de vencer o veto imposto pelo presidente Jair Bolsonaro à medida.

Neste mês dedicado à campanha Outubro Rosa, de conscientização e combate ao câncer de mama, a mobilização lembra que pacientes acometidas pela doença podem ser beneficiadas pelo tratamento da quimio oral se o Congresso derrubar o veto e aprovar a lei.

A terapia oral responde por cerca de 70% dos tratamentos oncológicos e é utilizada na luta contra os 20 tipos de tumores mais comuns. Em alguns casos, os medicamentos orais são a única terapia possível e que pode garantir sobrevida e melhor qualidade de vida ao paciente. O tratamento é mais eficaz que a quimioterapia intravenosa e pode ser feito em casa.

O Projeto de Lei 6330/2019 foi aprovado por unanimidade no Senado Federal e recebeu 398 votos a favor na Câmara dos Deputados. Vetado integralmente pelo presidente Bolsonaro no dia 26 de julho, já teve a votação para derrubada do veto adiada por duas vezes.

“O veto nos trouxe perplexidade, por não levar em consideração uma análise fundamental: um paciente que não tem o tratamento adequado, tem menores chances de sobreviver e maior impacto ao onerar o sistema de saúde como um todo, pois vai demandar mais internações, mais procedimentos de altíssima complexidade e inúmeras intervenções que custarão mais caro aos planos de saúde”, afirma trecho da petição criada pelo IVOC.

Os movimentos que apoiam a campanha reforçaram as mobilizações nos últimos dias para tentar sensibilizar os parlamentares. A votação deve acontecer nas próximas semanas.

Veja o abaixo-assinado na íntegra: change.org/VencerOVeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.