Psicologia Hospitalar: Pesquisa e Formas de Atuação

764

Uma obra coletiva organizada pela professora do curso de Psicologia da Univali, Camilla Volpato Broering, socializa pesquisas e formas de atuação na área de psicologia hospitalar. O livro, publicado pela Juruá Editora, reúne trabalhos de sete psicólogas e apresenta reflexões e subsídios para profissionais que atuam no segmento.

As autoras abordam assuntos desde a relação entre o corpo e a saúde até a hospitalização na infância e a preparação psicológica pré-cirúrgica em crianças submetidas a cirurgias eletivas. Há também um caso clínico de hospitalização para repensar a morte e o morrer, um relato sobre uma vivência de voluntariado e do atendimento psicológico em uma sala de emergência, além de um capítulo destinado à comunicação de más notícias, focado nas relações entre o paciente e o profissional de saúde.

Camilla fala que, para o paciente, o fato de ter de ser levado ao hospital e ser internado implica numa ruptura do ritmo comum da vida. Com isso, o sujeito fica exposto ao domínio de uma estrutura e ao poder de profissionais que agem, muitas vezes, ferindo a autonomia e tomada de decisões do próprio paciente. “Dependendo de como é conduzido, esse processo torna-se uma agressão para o paciente. Os trabalhos desse livro trazem questões reais para repensarmos o cenário e oferecermos aos profissionais outros modelos de atuação”, comenta a professora.

O livro “Psicologia Hospitalar: Pesquisa e Formas de Atuação” tem como autoras Ana Carolina Seara, Ana Paula Wilvert, Bruna Dal Fiume Armelin, Camilla Volpato Broering, Juliana Vieira Almeida Silva, professor da Univali, Maria Balbina de Magalhães e Maria Isabel Caminha.

A obra está disponível para compra no site da editora, por R$ 54,70.

AUTORA

Camilla Volpato Broering é formada em Psicologia pela Univali, mestre e doutora em Psicologia da Saúde, Processos Psicossociais e Desenvolvimento Psicológico pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Tem experiência na área de intervenções cognitivo-comportamentais com crianças, adolescentes e adultos e em psicologia infantil hospitalar. É autora do recurso lúdico “Baralho Infantil da Hospitalização” e dos livros “Meu Primeiro Dia na Psicóloga”, “O Sol Brilha para Todos: Gosto não se discute, se respeita” e “Operar, Eu?”.

Deixe seu comentário