Reacreditação internacional: primeiro hospital do Sul a conquistar selo de forma remota

16

O Hospital Dona Helena, de Joinville (SC), conquistou a reacreditação internacional pela Joint Commission International (JCI), mantendo-se assim, em um seleto grupo de hospitais no Brasil. A entidade é uma das principais acreditadoras mundiais na área da saúde. Seus padrões avaliam a qualidade e a segurança dos serviços, concedendo qualidade de nível internacional às instituições acreditadas de saúde. O hospital foi o primeiro do Sul do Brasil a reconquistar o selo de forma integralmente remota, por conta da pandemia da Covid-19. Foi o segundo ciclo de reacreditação do Dona Helena, que atingiu esse nível de excelência pela primeira vez em 2014, e obteve reacreditações em 2017 e agora, em 2020.

“A pandemia impôs a todo mundo profundas mudanças, reflexões e desafios. Nós, mais uma vez, nos superamos e realizamos as adaptações necessárias ao momento. Houve uma enorme evolução no desenvolvimento da estrutura de gerenciamento da qualidade e segurança. O sucesso, evidentemente, só foi possível porque contou com a participação e comprometimento das equipes multidisciplinares como um todo”, frisa Caio Tavares, coordenador do Comitê da Qualidade e Segurança (CQS) do Hospital Dona Helena. “Esta reacreditação assegura a excelência das atividades do Dona Helena. É validada em diversos países do mundo e existe há quase 70 anos nos Estados Unidos. Adquirimos e mantemos o status de uma instituição de saúde que inspira e merece a confiança da sua comunidade”, elogia.

“No ineditismo e pioneirismo do formato da avaliação, feita integralmente por meio remoto, é preciso reconhecer e destacar a necessidade de um novo conjunto de esforços, investimentos e de responsabilidades pelas lideranças e profissionais da Instituição”, ressalta e acrescenta Heleno Costa Junior, Superintendente do Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA), entidade que é associada exclusiva da JCI no Brasil e auxilia as empresas com educação, consultoria e treinamento sobre os manuais, padrões e exigências da acreditação. “A JCI e o CBA anteciparam essa modalidade de avaliação virtual, que já vinha sendo discutida mesmo antes da pandemia. Entre diferentes critérios para realizar esse formato de avaliação, estão a análise da maturidade da instituição e os resultados de avaliações anteriores, o que permite configurar um grau de consistência para o processo. Para que se tenha garantia do melhor desempenho, é feito um teste prévio, que alcança todos os recursos tecnológicos necessários para cumprir a agenda da avaliação, nesse caso, de cinco dias, com três avaliadores, incluindo observação direta de processos de cuidados nas unidades e/ou departamentos, e entrevistas com profissionais e mesmo pacientes e acompanhantes, o que também foi fator de sucesso para a reacreditação do Hospital Dona Helena”, complementa Heleno.

Compromisso com a vida

A acreditação hospitalar da JCI tem grande visibilidade, pois evidencia internacionalmente o compromisso da instituição com a melhoria contínua da qualidade e assistência prestada, assim como a garantia de segurança no ambiente, com gerenciamento para redução de riscos tanto para o paciente quanto para toda a equipe multidisciplinar, aumentando o grau de satisfação. “Fomenta uma cultura aberta ao diálogo e ao aprendizado. Ela cria uma espécie de liderança servidora integradora e colaboradora, que tem como prioridades suas responsabilidades, supervisão e relação com a qualidade e segurança do paciente, permitindo o desenvolvimento de estratégias para mitigação e prevenção dos riscos”, evidencia Caio.

Depois de três anos, é preciso passar por uma reavaliação, sendo que nesse intervalo existem processos de monitoramento pela JCI. “A ênfase está na qualidade e segurança dos serviços profissionais prestados ao paciente. O atendimento deve pautar-se pelos critérios de excelência, aproveitando-se da tecnologia disponível. Neste processo, não só setores ou departamentos são avaliados, mas todos os serviços do hospital”, esclarece Caio, destacando que todo esse trabalho requer participação voluntária e estimula o hospital a um comportamento de melhoria contínua da qualidade, criando e desenvolvendo a integração entre as equipes multidisciplinares.

“A reacreditação aumenta ainda mais a confiabilidade das equipes multiprofissionais e pacientes, além da motivação dos colaboradores em trabalhar em uma instituição com reconhecimento internacional há mais de sete anos. Gera uma grande reformulação na forma de ver, fazer e de disponibilizar cuidados de saúde dentro do hospital, baseada nas melhores práticas internacionais”, destaca.

No processo, o Dona Helena conta com a parceria da Nexus e do CBA. “O CQS e o Sistema Integrado de Gestão (SIG) do hospital também fizeram toda a diferença, trabalhando fortemente na integração das práticas clínicas e gerenciais em alinhamento às estratégias prioritárias da direção e da JCI. Não poderia deixar de citar a participação, envolvimento e comprometimento dos tutores dos capítulos e suas equipes. Com toda certeza, foram fundamentais”, conclui.

Excelência em saúde

O Hospital Dona Helena é uma das principais referências em excelência hospitalar no Sul do Brasil. Com um Centro Clínico completo, com todas as especialidades, bem no coração de Joinville (SC), a instituição é destaque em ciência e tecnologia, sem abrir mão da humanização, que mobiliza e inspira uma equipe de profissionais altamente especializados. Além do selo da JCI, é certificado, desde 1999, pelas normas ISO.

Neste semestre, a instituição também foi destaque em qualidade de atendimento pelos critérios do Net Promoter Score, NPS, metodologia criada pelo norte-americano Fred Reichheld, para medir o grau de satisfação e fidelidade de clientes das empresas e instituições. O índice de 70%, conquistado pelo hospital, é considerado zona de qualidade para instituições de saúde.

O hospital também foi eleito no prêmio Excelência em Saúde 2020, do Grupo Mídia, em homenagem à sua atuação na última década, pelo conjunto de sua história centenária e sua relevância para a saúde brasileira. A premiação, criada em 2013, visa homenagear as instituições de saúde que mais se destacaram no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.