Saúde reprodutiva, direitos e a Covid-19 é tema de debate virtual

45

O Fundo de População da ONU (UNFPA), em parceria com a Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP), promove sua 11ª edição da série de webinários, População e Desenvolvimento em Debate, nesta quarta-feira (8), das 15h às 16h30. Para esta edição, foram convidadas especialistas para debaterem sobre “Saúde reprodutiva, direitos e a Covid-19”. A discussão será transmitida por meio de uma live no canal do UNFPA Brasil no YouTube: www.youtube.com/user/unfpabrasil

Saúde e direitos sexuais reprodutivos são questões significativas de saúde pública que requerem muita atenção durante pandemias. Gravidez e parto seguros dependem do funcionamento dos sistemas de saúde e da adesão estrita à prevenção de infecções. O desenvolvimento sustentável das mulheres podem ser impactados à medida que as linhas de suprimentos começarem a falhar sob a pressão da resposta à pandemia. A continuidade de acolhimento deve ser garantida em caso de suspensão de serviços ou qualquer outra interrupção no acesso de mulheres e meninas em idade reprodutiva.

Relatórios recentes do UNFPA global têm enfatizado que, caso os países não tomem medidas para assegurar o acesso a serviços e insumos de saúde reprodutiva às mulheres e adolescentes nesse período de pandemia de Covid-19, haverá sérios prejuízos às mulheres com relação à garantia de planejamento reprodutivo, ocasionando em gestações não intencionais, além de prejuízos ao pré-natal de qualidade e ao parto seguro e humanizado. Também poderá haver impactos nos serviços de pré-natal e dificuldade de garantias de direitos de mulheres em situação de parto, como o direito a acompanhante e de não ser induzida a cesarianas eletivas e sem indicações.

As especialistas convidadas para o debate são: Daphne Rattner, presidente da Rede pela Humanização do Parto e Nascimento e professora da Universidade de Brasília; Denize Ornelas, diretora de comunicação da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade; e Silvana Maria Quintana, professora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. A mediação do webinário será realizada por Anna Cunha, Oficial de Programa em Saúde Reprodutiva e Direitos no UNFPA Brasil.