Sírio-Libanês adere aos padrões de monitorização de pacientes do ICHOM

O Sírio-Libanês é o primeiro hospital brasileiro a aderir aos padrões internacionais de monitorização de tratamento de pacientes de acordo com o Consórcio Internacional de Medição de Resultados de Saúde (ICHOM na sigla em inglês).

De acordo com Prof. Dr. Luiz Francisco Cardoso, Superintendente de Práticas Assistenciais e Pacientes Internados, as conversações com o ICHOM começaram em 2016, o contrato foi assinado em 2017 para a realização das primeiras reuniões e em março de 2018 o Hospital Sírio-Libanês tornou-se o primeiro hospital brasileiro a ser membro patrocinador do Consórcio. Os padrões de monitoração serão adotados com os pacientes de câncer de mama, de próstata, colorretal, pulmão, acidente vascular cerebral (AVC), osteoartrite de quadril e de joelho e insuficiência cardíaca.

A metodologia ICHOM aborda a percepção do paciente em relação aos cuidados que recebeu e seu estado de saúde. Assim, monitora, além dos resultados imediatos (no primeiro mês) pós tratamento, o resultado tardio e seus impactos na qualidade de vida do paciente.

ICHOM

O Consórcio Internacional de Medição de Resultados de Saúde (ICHOM) é uma organização sem fins lucrativos fundada por três instituições (Harvard Business School, The Boston Consulting Group, dos EUA e o Karolinska Institutet, da Suécia). O grupo composto por lideranças médicas, pesquisadores e entidades de apoio a paciente busca padronizar o atendimento a paciente por algumas das mais frequentes e preocupantes doenças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.