Sociedade de Angiologia e Cirurgia Vascular participa do Comitê Extraordinário de Monitoramento Covid-19

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) é integrante do novo Comitê Extraordinário de Monitoramento Covid-19, da Associação Médica Brasileira (CEM COVID-19_AMB). A ação, anunciada no dia 15 de março, é composta pelas Federadas e Sociedades Médicas da entidade e seu núcleo executivo será formado por médicos especialistas com grande atuação e autoridade na prevenção e tratamento de pacientes infectados pelo vírus Sars-coV-2.

O CEM tem como foco principal o monitoramento da pandemia em todo o país e das medidas dos órgãos responsáveis pelo enfrentamento da crise de saúde. E, assim, por meio da análise do cenário atualizado, irá promover orientações para a população e profissionais da saúde sobre o cuidado e prevenção da doença.

A iniciativa vem de encontro com os registros da pior fase da pandemia, que já acomete o Brasil há um ano. De acordo com o cirurgião vascular e presidente da SBACV, Dr. Bruno Naves, o CEM irá prestar um serviço essencial para a sociedade. “Estaremos conectados com as principais lideranças médicas do país, monitoraremos as demandas importantes e interviremos com informações técnico-científicas sempre que necessário, visando a preservação da saúde e bem-estar da população” afirma.

Com o sistema de saúde em colapso, a SBACV orienta que as pessoas pratiquem distanciamento físico, para evitar aglomerações. O uso adequado de máscaras de proteção e a higiene pessoal constante também são primordiais para a contenção da doença infecciosa.

A entidade ainda frisa que médicos e outros profissionais da saúde são um importante canal de esclarecimento à sociedade, principalmente em um momento em que as fake news são disseminadas com grande facilidade nas redes sociais. “Informação técnica, baseada em ciência, é fundamental neste momento. Precisamos muito do apoio irrestrito da população. Estamos fazendo o nosso melhor, mas não é suficiente. Só com a adesão em massa da população às medidas preconizadas, poderemos vencer essa guerra que já está bastante longa”, alerta Dr. Naves.

O especialista explica que é necessária uma consciência coletiva para o combate da pandemia e que é importante que cada um faça a sua parte, independente das ações das autoridades. “O momento é de perguntar à população: o que vocês podem fazer pela sociedade, para vencermos essa luta contra o vírus? Essa situação que estamos vivendo exige atitude, colaboração e comprometimento das pessoas. Podemos melhorar o que está ao nosso alcance. Precisamos seguir à risca o que é pedido pelas autoridades e dar o exemplo aos nossos filhos, parentes, familiares e amigos. Se cada um colaborar, poderemos, em pouco tempo, retornar a uma vida normal. A hora é agora!”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.