Unimed Diagnóstico recebe idosas do Lar Adelson Rebello Moreira para exame de mamografia

Oito mulheres do Lar de Idosos Adelson Rebello Moreira, de Cachoeiro de Itapemirim (ES), foram atendidas na Unimed Diagnóstico, na quarta-feira (17), para a realização do exame de mamografia, como forma de prevenção ao câncer de mama. A iniciativa, realizada em parceria com o Núcleo Feminino Cooperativista, integra a campanha Saúde em Dia, que alerta sobre a necessidade de estar com os exames preventivos e as consultas periódicas em dia, integrando diferentes campanhas do calendário da saúde, dentre elas o Outubro Rosa – de prevenção do câncer de mama.

Antes da realização do exame, as idosas também passaram por uma avaliação médica. Segundo a coordenadora do Núcleo Feminino Cooperativista da Unimed Sul Capixaba, Fabíola de Freitas Moraes, a ação teve a finalidade de beneficiar pessoas que têm menos acesso a recursos de saúde e que estão na faixa etária recomendada para fazer o exame.

“O exame de mamografia deve ser realizado periodicamente, pois faz parte da rotina de prevenção e cuidados com o corpo. Nossa parceria com o Lar de Idosos Adelson Rebello Moreira, já é duradoura. Em outras ocasiões, realizamos palestras de conscientização e exames preventivos para as mulheres acolhidas na instituição, inclusive com a doação de medicamentos para aquelas que apresentaram necessidade de algum tratamento”, destacou Fabíola de Freitas Moraes.

A gerente administrativa do Lar de Idosos Adelson Rebello Moreira, Cintia Melo Silva Gaspar, conta que as idosas ficaram felizes e ansiosas em poder fazer o exame. “As idosas têm necessidade de fazer o exame de mamografia e nem sempre é fácil agendá-lo. Como estávamos no Outubro Rosa, tentamos essa parceria com a Unimed Sul Capixaba, pois o Núcleo Feminino sempre nos ajuda”, afirmou.

Cintia Melo ressaltou ainda que a instituição promoveu uma palestra interna sobre a importância de se cuidar e houve a abordagem da mamografia, o que gerou a curiosidade entre as idosas. A própria saída do Lar de Idosos para a realização do exame já foi motivo de entusiasmo entre as senhoras. “Com a pandemia, elas precisaram ficar isoladas. Fazer este exame também foi considerado um passeio por elas, que quiseram cortar o cabelo, pintar as unhas e escolher uma roupa para o momento – para ficarem ainda mais bonitas e cuidarem da saúde”, completou.

As residentes Celina da Silva, de 74 anos, e Eunice Pereira da Silva, de 81 anos, estavam entre as idosas que fizeram o exame. “Achei muito importante a gente cuidar da saúde. Fiquei tranquila e não senti dor nenhuma”, contou Celina. Já Eunice, disse ter ficado feliz por ter esse momento de cuidado. “É importante fazer esse exame e, principalmente, sendo muito bem tratada. O atendimento foi bem feito e tenho certeza de que deu tudo certo. Muito obrigada”, agradeceu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.